Os marcos da independência infantil

Independência infantil, que tema fácil na teoria e complicado na prática, né, amigas?

👶

Talvez por ter vários irmãos e ser #mãede3, eu noto muito que a teoria não cabe em todas as pessoas, famílias, situações!

A gente lê que o desfralde acontece aos 2 anos, mas cada um tem seu tempo. Só na terceira vez eu consegui que minha expectativa não afetasse o tempo da criança. No primeiro, claro, eu apressei (pobres primogênitos). No segundo, nem vi de tão rápido e natural que foi!

Agora, da imagem que trago, eu sinto dificuldade (inesperada) com a caçula por ser menina quanto ao banho e uso do banheiro sozinha. Neste aspecto, como no desfralde do xixi, acho bem fácil com os meninos!

👧👦

O que não teve discrepância por aqui foi a habilidade para comer sozinho. Quer dizer, o do meio queria comer sozinho com apenas 9 meses (😳😱), imitando o irmão que já tinha 3 anos. E a caçula, com quem não tentei papinha e por orientação da nutricionista foi direto para a #comidadeverdade no estilo #BLW, sempre comeu sozinha e sempre curtiu ser alimentada. E ganhou muita habilidade por frequentar uma EMEI onde se incentiva essa independência no almoço.

🍛🥗

Em vários pontos, a verdade é que a gente tem que segurar a ansiedade, não dar ouvidos para pitacos e ter uma confiança grande no pediatra, que é quem pode ajudar a medir a maturidade da criança.

😉

E aí, como esses aspectos da independência infantil se deram?

Conta para mim!

💬💬💬

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *