Receita para fazer com os filhos: nuggets de frango caseiríssimo

Na semana passada teve filho na cozinha, testando uma nova receita de nuggets (caseiríssima e totalmente sem conservantes) e meu querido filho adolescente incentivou a pequena montar um em formato de estrela.

Como não me derreter muito quando o #recheiodosanduiche e a #cerejadobolo se juntam?

É tão simples que nem pensei em escrever, mas sempre dá para contar uns truques!

Para cada 300g de carne de peito de frango moída, acrescente 1 cebola pequena, 1 dente de alho, 1 colher (de chá) de sal e 1 colher (de sopa) de amido de milho. Para empanar vai 1 ovo e cerca de 1 xícara de farinha de rosca.

Passe tudo no processador, começando pela cebola e alho, para ficarem bem moídos. Alguns aparelhos são potentes para moer também a carne, mas se o seu não for, use a comprada pronta ou desenterre aquele moedor de carne da sua mãe/vó!

Forme os Nuggets com a massa e empane, passando no ovo batido e depois na farinha de rosca. Uma dica: se usar uma farinha do tipo flocada, mais grossa, fica mais bonito e crocante.

Nós costumamos grelhar (no grill elétrico, tipo George Foreman) ou assar no forno, mas dá para fazer na Air Fryer (para quem é fã) ou até fritar. O importante é cozinhar com tempo (ou seja, não fica perfeito só na figueira t-fal) porque a carne estará crua, tá?

Claro que, aqui em casa, 300g não deu nem pro cheiro! Tive que praticamente esconder um para o irmão mais velho, que estava na faculdade, provar quando voltasse para casa. E ai dele se demorasse demais!
<3

Leia também:

Uma turma que ama cozinhar

Uma turma que ama cozinhar e o Caderno de Receitas de Magali

Pão terapia

Pão terapia

Família Cuca na cozinha

Família Cuca na cozinha

Receita fácil para fazer com filhos

Receita fácil para fazer com filhos: pãozinho roseta

Receita de waffle caseiro com kefir

Receita de waffle caseiro com kefir

 

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *