Um presente coletivo de Dia das Crianças: participar da Corrida Insana!

Na nossa família, quando há uma “data coletiva” ou mesmo um motivo em comum para comemorar, meu esposo e eu procurarmos reunir esforços e fazer algo junto, que dê a sensação de pertencimento, do grupo, do significado da célula que é a família.

Até os aniversários de namoro da gente, que coincidem com o primeiro final de semana de férias escolares de verão, viram viagens, passeios, experiências para celebrar nossas afinidades, nosso cuidado com o bem estar de quem amamos, nossas forças unidas bum objetivo comum.

Neste dia das crianças, por estarem com idades tão distintas – o primogênito adulto, calouro da faculdade, a caçula ainda na educação infantil, o filho do meio no auge da adolescência – eu confesso que achei que teria que mudar a tradição.

Felizmente eu não o fiz.

Continuei de olho nas atividades e tive uma inspiração: uma super atividade em equipe!

Meu desafio não era pequeno, afinal, como a gente consegue a companhia dos filhos grandes (aqui #aos18 e #aos15) num programa de família que parece dedicado à pecorrucha #aos5?

Esse é um desafio de todo final de semana para nossa família e pelo que vejo por aí, mais comum do que parece na realidade de tantas famílias que têm filhos de idades BEM distintas.

Eu começo mostrando, um a um, onde e o que pensei em fazermos juntos. Depois, na sequência, eu vou dando justificativas.

Mas, quando mostrei esse vídeo, não precisei falar mais nada, exceto responder que dia será!

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Blog @maecomfilhos (@maecomfilhos) em

Em trinta segundos, já tinha gente planejando até como customizara a camiseta pro nosso time se divertir no dia 20/10. 🏃🏻‍♀️🏃🏽‍♂️

Aliás, as camisetas customizadas do nosso time são o presente físico para esse dia das crianças. E a diversão será na próxima semana.

Dedicada aos pequenos (acima de 1,05m de altura) e às famílias que querem ver os pequenos se exercitando, a Corrida Insana sempre me atraiu. São 3km, 6 obstáculos infláveis e muita oportunidade de trabalho em equipe.

E olhem que legal: acontece em varias cidades do Brasil, não é só São Paulo.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por A Corrida Insana Brasil (@acorridainsanabr) em

Saiba mais:

As corridas, em especial as que fogem do padrão, são excelentes oportunidades para “as crianças praticarem esporte entre grupos de amigos, mas também de fazerem uma atividade juntos com pais, tios, avós e familiares de forma geral. Essa integração ajuda a criar laços para toda a vida”, avalia Paula Tuccio, CEO da rede Action, que trará mais atividades para o evento, como oficina de pilates, exame de bioimpedância (analisa a composição corporal), entre outros.

Este é o primeiro evento nestes moldes formatado especialmente para o público infantil.

Há dois anos no Brasil, a Caravana Insana já reuniu mais de 100 mil participantes em 26 etapas ao redor do País.

As largadas são em ondas com cerca de 170 pessoas por vez, o que garante segurança e permite que grupos pratiquem a atividade juntos e sem atropelos.

Não há cronometragem, nem obrigatoriedade de ultrapassar todos os obstáculos do percurso.

Para ter segurança, fui conferir outras etapas da corrida:

Foz do Iguaçu:

Jaraguá do Sul:

Brasília:

Saiba mais:

Quer mais um motivo para simpatizar?

Parte do valor arrecado com as inscrições será revertido ao Instituto Oncoguia. A Corrida Insana Kids Action Race firmou parceria com a ONG a fim de contribuir no alerta sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce ao câncer de mama, próstata e, principalmente, nos casos relacionados a crianças.

Direcionada ao público infantil, as inscrições para crianças de três a 17 anos e também adultos devem ser feitas pela Internet. Há opções de combo para para um adulto e uma criança, e dois adultos e uma criança. As inscrições devem ser feitas no link.

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *