Abraçando a Casa Hope com muito amor

Há alguns dias, eu e Aline estivemos numa visita muito especial: fomos conhecer a Casa Hope.

Foi uma manhã muito especial, oportunidade ímpar de renovar a fé nas pessoas e na capacidade de mudar o mundo que iniciativas privadas, atuando para completar o setor público, podem fazer. Me encantou ver ao vivo a casa que descobri com meus meninos num livro de Mariana Caltabiano (O mistério da Casa Hope), conhecer a história da fundação da Jussara e como empresas ajudam pessoas a acolherem pessoas. São pacientes, mas são tratados como seres humanos, em suas necessidades, fragilidades, qualidades, necessidades, tendo suas habilidades incentivadas da brinquedoteca baby às salas de cursos para mães como a que a Payot mantém.

Aliás, há salas de aulas, as crianças e os adolecentes sao atendidos para não perderem o ano escolar!

E neste quesito, sim, poderia ter uma empresa que apoiasse, eu pensei em tantas escolas caras que poderiam ajudar. Universidades que poderiam fazer projetos para os alunos de licenciatura darem aulas e ganharem créditos com isso, assim como alunos de áreas ligadas a saúde (fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional, psicologia) que poderiam fazer voluntariados lá que contassem como créditos!

Já pensaram que lindo seria?

View this post on Instagram

Da serie #amomeutrabalho + #takeyoutchildtowork: hoje eu e Manu tivemos a honra, a alegria e a benção de conhecer a @casahope a convite da #tetrapak e dos #leitesjussara. Foi uma manhã muito especial, oportunidade ímpar de renovar a fé nas pessoas e na capacidade de mudar o mundo que iniciativas privadas, atuando para completar o setor público, podem fazer. Me encantou ver ao vivo a casa que descobri com meus meninos num livro de @marianacaltabiano (O mistério da Casa Hope), conhecer a história da fundação da Jussara e como empresas ajudam pessoas a acolherem pessoas. São pacientes, mas são tratados como seres humanos, em suas necessidades, fragilidades, qualidades, necessidades, tendo suas habilidades incentivadas da brinquedoteca baby às salas de cursos para mães. Um dia especial, que @alinekelly narrou no stories do @maecomfilhos. E, de quebra, revi mães blogueiras (@mamaeforadacasinha @adionarastopassoli @sampacomcriancas @blogmaede2), e tirei foto com quem consegui conversar por mais tempo, como @edilenegualberto e @adriiiirosa. #obrigadasenhor #pequenasalegrias #contesuasbênçãos #maisamorsemfavor #menospresentemaispresença #maecomfilhos #familiasns (gratidão @thaisholanda21)

A post shared by Samantha Shiraishi (@samegui) on

Eu já sabia do trabalho da entidade de apoio às crianças com câncer e transplantados de fígado, rim e medula óssea, mesmo assim a organização e estrutura nos quase 200 leitos para atender crianças e acompanhantes me surpreenderam. Eles apoiam as famílias que são enviadas pelo SUS para atendimentos em São Paulo, mas que não têm onde (ou como) se hospedar enquanto estão por aqui. Uma realidade que choca e entristece muito, mas é a vida de muitas famílias, principalmente de estados do Norte e Nordeste.

Estivemos lá a convite da Tetrapak e Leite Jussara, empresa que está doando mil litros de leite ao mês para a casa, resolvendo uma questão grave, a perda da ajuda do poder público. Fundada por um médico, a marca de leite se enterneceu e passou a ajudar a entidade.

A Instituição vive de um repasse governamental, doações, bazares e do projeto “adote um leito”, nos qual é possível assumir a acomodação de uma pessoa com a ajuda de R$ 2.500 por mês.

Acompanhe o trabalho deles nas redes sociais: @casahope no instragram e Facebook.

E neste vídeo fofo é possível conhecer a casa:

E veja na nossa fanpage as fotos que fizemos lá:

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *