Família Cuca na cozinha

Nossa família vive muito da parceria, intimidade, cumplicidade e amizade na cozinha. É o coração do nosso lar desde sempre, de quando a cozinha era pequenina ou grande e “separada” da sala, até hoje, quando é o coração da vida do nosso apartamento.

E os filhos não só são convidados desde lugar e das atividades da cozinha, como são protagonistas. Na cozinha somos iguais, somos parceiros, há horizontalidade, as duplas se alternam, ora o pai e a filha, ora a mãe e o filho, ora os irmãos sem pais por perto.

Essa construção começou porque nós decidimos fazer assim e encaramos os ônus e os bônus de dar espaço uns para os outros. Eu sou de família que cozinha desde sempre, meu pai era o “churrasqueiro das festas da igreja”, minha mãe sempre fez suas receitas francesas chiques e eu comecei a aprender receitas aos 9 anos, com meus pais (e avó e tios) me dando toda corda do mundo! Meu esposo não teve tanto incentivo, mas também nunca foi podado em suas investidas em casa, mas depois que casamos, ele assumiu a casa como “nossa”, nunca teve um lugar que ele não sentisse como seu e a cozinha foi um dos seus favoritos sempre.

Assim tivemos 3 filhos que, desde que começaram a falar e a andar, começaram também a mexer na cozinha.

Numa dessas bagunças de cozinha, um RangoCamp, levamos os meninos ainda em idade escolar (8 e 10 anos) para cozinhar com blogueiros adultos e dali surgiram amizades e “tias” que lembram deles quando se fala em criança (hoje homens) na cozinha.

De uma dessas amizades cibernéticas surgiu um presente querido destas férias de julho: o livro de estreia de Paula Weber, do Pitadas & Palpites, na literatura infantil.

Uma doçura de pessoa, com uma carreira devotada à missão de ensinar e cultivar nas crianças o gosto de preparar os alimentos em família, Paula ensina receitas, de forma didática e divertida para o universo infantil.

O Família Cuca na Cozinha (da Bamboo Editorial) é uma divertida história sobre a arte de cozinhar e comer bem. Tem receitinhas completas, da entrada até a sobremesa, e dicas práticas para organizar na cozinha.

Manu, minha filha de 5 anos e totalmente público-alvo do livro, adorou a família. As ilustrações de Aline Casassa ajudam muito, pois são alegres, cheias de detalhes atuais e têm um estilo caricato que faz as crianças se identificarem sem precisar de uma real “simetria” com o personagem.

A história é construída em torno da família composta por cinco personagens: Papai Cuca; um homem muito antenado e tecnológico, Mamãe Cuca; uma mulher culta, que destaca seu amor pelos livros, Cuca filha; jovem adolescente que não tira os fones do ouvido, Cuca filho; apaixonado por games e, por último Cuca bebê; que embora pequeno, tem o aprendizado aguçado ao ver os mais velhos executarem as tarefas.

A gente se viu em algumas coisas, em outras não… e isso é bom, pois somos “fora da curva”, todo mundo sabe como fazer as coisas.

Famílias que desejam começar neste mundo, experimentar estar junto na cozinha e aprender sem medo de errar vão se sentir tão acolhidas. Paula disse que seu desejo é que o livro aproxime pessoas e eu sinto que é exatamente o que fará.

Por isso, deixo uma dica: considerem este livro como um “desafio” de Dia dos Pais. Ou de dia das crianças. Ou de Natal. Mas levem a obra não só para a biblioteca infantil  da familia e sim para os adultos que não sabem bem como se conectar com as crianças e os adolescentes, ou para quem sabe estar junto, mas está buscando um novo jeito de fazê-lo e, por que não?, para quem tem uma vibe MasterChef e quer seguir isso.

Na narrativa da Família Cuca há uma série de descobertas recheada de peripécias e grande aprendizagem com os passos ensinados pela chef com alguns detalhes maravilhosos: dicas de organização da cozinha, de planejamento do cardápio e receitas que dão certo!

🙂

Ah, o livro tem tarde de autógrafos neste sábado:

  • Lançamento do livro: ‘Família CUCA na Cozinha’
  • Data: 11 de agosto
  • Horário: 15h – 18h
  • Local: Livraria da Vila
  • Endereço: Rua Fradique Coutinho, 915 – Pinheiros – São Paulo – SP

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

One Reply to “Família Cuca na cozinha”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *