casa arrumada sem esforço com metodo fly lady

Casa organizada com pouco esforço usando o método FLY Lady

Há alguns dias, por acaso, relembrei de um desabafo meu numas férias da minha ajudante querida, a Sônia. Na época em que nem sabia que, depois de uma década com a gente, ela teria problemas de saúde sérios e decidiria reduzir a carga de trabalho para ficar com a família. Mas, intuitivamente, parece que eu estava sendo instruída a me organizar sozinha.

 

Voltando a ser dona de casa com o método FLY Lady

 

Quase três anos se passaram e eu não consegui substituir Sônia. Tentei, não com muita vontade, admito, mas tentei. E hoje eu cuido do apartamento sozinha, ou melhor, cuidando de parte das coisas e distribuindo tarefas para os meninos que hoje são homens feitos e contando com a participação (me nego a chamar de ajuda) do meu marido.

Eles, por exemplo, cuidam da louça do jantar, deixando a cozinha limpa para mim o que significa muito porque os três filhos almoçam na escola/faculdade e eu preparo refeições novas somente à noite. Como faço pão caseiro duas ou três vezes por semana, também neste horário de final de tarde e começo de noite, fica claro que eles me ajudam muito.

😉

Mas enfim, minhas memórias me lembraram de trazer para cá minhas dicas do método FLY Lady que me ajudou a começar a me organizar quando me vi cuidando da casa sozinha. 

Marla Cilley criou o sistema “finally loving yourself”, algo como “finalmente amando a mim mesma”, e eu aprendi bastante participando de um grupo brasileiro ligado ao blog flyrobrasileira.blogspot.com. 

Como funciona? O que tem de diferente?

cocoparisienne / Pixabay

Os americanos são um povo prático e objetivo. Portanto, quando ouvimos falar que ela ensina como arrumar a casa em 15 minutos e criar suas rotinas semanais, confiamos! O Flylady ensina, através de um sistema “babysteps” (passos de bebê), 31 pequenos passos  (um por dia do mês) para criar uma boa rotina doméstica e que prometem lhe ensinar a manter a casa em ordem.

Sou casada há quase 20 anos, aprendi no tranco – em especial morando no exterior, onde não há mesmo ajuda, nem de faxineira ocasional – que os pequenos hábitos criam rotinas simples que podem mesmo transformar sua vida, criando um bom “piloto automático”.

 

Os 31 passos para manter a casa arrumada são uma forma de viver sem sofrimento.

Começam com uma máxima que realmente garante a sanidade mental: manter a pia limpa. Se a gente se habitua a não deixar a pia da cozinha ficar cheia de louças sujas – o que se garante com poucos minutos a cada vez que tem coisas para lavar ou secar – o resto vem.

metodo flylady passo 1 manter a pia limpa
Free-Photos / Pixabay

Arrumar a cama, deixar a roupa pronta para o dia seguinte, planejar o cardápio da semana.

Devagar e quase sem percebermos, os pequenos gestos se tornam rotina e vamos naturalmente acrescentando novos itens, com um toque pessoal – no meu caso, por trabalhar muitas vezes em casa, incluo várias atividades ligadas à organização da minha mesa de trabalho, dos materiais diversos que acabo recebendo ou ganhando, uma triagem semanal que preciso fazer para não sumir no meio dos meus pertences intelectuais.

metodo flylady como manter a mesa arrumada
sachs888 / Pixabay

Outras pessoas teriam problemas com calçados – aliás, depois da FlyLady eu decidi investir num excelente armário coletivo (para todos os calçados da família) feito sob medida para a lavanderia, o que aliviou sobremaneira os guarda-roupas!

Tenho amigas que comentam que ter uma rotina tão fechada – como a proposta no método americano – cansa e desanima. Eu concordo. Nunca consegui seguir. Mas conhecer o FlyLady me ajudou a ver o “trabalho” de cuidar da casa com um olhar mais “profissional”, que eu raramente trazia para o lar. Agora, mesmo sem planilhas – que confesso que eu usei quando trabalhava menos e tinha mais tempo para dedicar à casa – eu sou uma executiva nos cuidados com meu lar e isso me ajuda sobremaneira a ser uma boa profissional fora de casa.

StockSnap / Pixabay

Gostou?

Então comece com a pia – realmente funciona! – e siga com três coisas fixas para fazer de manhã e três coisas para a noite.

Mesmo que você trabalhe fora é possível conciliar seis atividades divididas assim, mas garanta que serão fixas na sua agenda. Consistência é a chave do processo. O resultado serão pequenas mudanças ao longo de vários meses – como os BabySteps – e logo não será um esforço dar cada passo e as “caminhadas” numa rotina organizada deixarão de ser uma infindável lista de coisas para fazer, acontecerão de forma automática, como uma parte de você, numa verdadeira mudança de vida.

E você, tem mais dicas para tornar a rotina de casa fácil? Conte aí das suas descobertas!

 

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

3 Replies to “Casa organizada com pouco esforço usando o método FLY Lady”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *