Férias sobre rodas!

Eu e meu marido gostamos muito de viajar com as crianças. Aproveitando as férias de julho, decidimos ir para Bahia com a turma, de carro! E devo dizer que valeu muito a pena, com um pouco de planejamento a aventura foi incrível!!!

E já que o sucesso foi tanto, vou compartilhar como realizamos a aventura aqui no blog!

Pra começar, meu marido fez todo o trajeto pelo Google Maps, calculou todo o percurso e dividiu a viagem para que pudéssemos descansar a noite, sendo que nos locais de parada, ele já verificou os hóteis (nós usamos o www.booking.com.br tem vários outros como www.trivago.com.br, etc…) e fez as reservas previamente. No site www.mapeia.com.br verificamos o valor de pedágio e combustível. Para evitar contratempos com o GPS (na viagem preferimos Google ao invés do Waze para evitar atalhos perigosos), ele baixou os mapas dos locais que passaríamos, para o caso de ficar offline.

Após tudo definido, fiz um check list de tudo que precisava nas malas e também o que teria que organizar em casa para os dias que estaria fora.

Com um pequeno e um bebê, levei dois dias para arrumar tudo, mas no dia da viagem, pude ir tranquila com meu check-list completo.

Nosso roteiro de viagem ficou assim:

Ida: Saída de São Paulo a tarde, parada a noite em Copacapana-RJ permanência lá até 12h e saída com destino a Vitória-ES após o almoço. Chegada em Vitória à noite e saída com Destino à Belmonte-BA após o café da manhã.

Volta: Saída de Belmonte-BA pela manhã com destino à Aracruz-ES, partida de Aracruz prevista às 12h com destino à Niterói-RJ. Saída de Niterói pela manhã com destino à São Paulo pela manhã.

As paradas foram essenciais para que a viagem ficasse confortável, principalmente para as crianças. Seguimos assim, deu tudo certo. A única alteração prática que fizemos foi que adicionamos uma estadia em Porto Seguro e a volta para São Paulo foi de lá e não de Belmonte. Chegávamos cansados nos hotéis, mas com uma boa noite de sono, boa refeição e um pouco de lazer pela manhã, ficou tudo muito prazeroso. Passamos por lugares lindos, mas os lugares top das paradas para mim, foram Copacabana e Aracruz. Copacapana tem um visual incrível, a noite é linda, a orla maravilhosa, é muito turístico, não se parece com o Rio que vemos nos noticiários, quem quiser conferir:  .

Em Aracruz ficamos no Sesc na praia Formosa, que lugar incrível! Eu particularmente gosto muito das acomodações do Sesc, tem estrutura de resort, olha lá:

 

Essa aventura toda foi planejada para chegarmos à Belmonte na Bahia, onde minha sogra nasceu, na Costa do Descobrimento, um lugar cheio de beleza e história, que tem um farol francês muito bonito construído pela mesma empresa que construiu a Torre Eiffel.  

Ficamos acomodados na pousada de uma prima, a “Pousada do Diogo” lugar delicioso e aconchegante, com um cafezinho recheado de delicias do local, onde também experimentamos o prato principal da cidade, sucesso por lá: o Guaiamum (um carangueijo azul), feito pela própria prima Tanilda.

Belmonte fica a cerca de 70 km de Porto Seguro, é uma cidade bem tranquila com mar de água escura devido à foz do rio Jequitinhonha.

Na volta me apaixonei pela enseada de Coroa Vermelha, as crianças amaram andar no istmo, um banco de areia em alto mar que se forma na parte da tarde com a maré baixa, é lindo.

A região é reserva dos índios Pataxó e tem uma feirinha de artesanato muito bacana no marco de encontro dos índios com os portugueses. Ao lado dela fica Mutá, outra praia lindíssima, onde passamos um dia inteiro curtindo com as crianças.

Amamos nossas férias sobre rodas, já estou com saudade da estrada!

Dicas para um viagem de carro feliz:

  • Ter em mãos bolsa térmica com água fresca para todos.
  • Ar condicionado na estrada com sol a pique é vida!
  • É um bom momento para conversar com a família, envolver as crianças na conversa e dar muita risada juntos…
  • Tem que ter comidinhas para a criançada. Eu não gosto muito de alimentos industrializados, mas não tive como preparar então na viagem liberei biscoitos e quebrou o galho, na hora daquela fominha em locais que não tinha onde parar, ajudaram… quem tiver possibilidade de preparar alimentos que possa levar, faça isso, o importante é ter alimentos para os pequenos no carro.
  • Use recursos da internet como Google maps para avistar na estrada postos e locais bons para paradas. Eu gostaria de ter anotado todos que paramos, mas na velocidade dos acontecimentos com a criançada… não deu.
  • Leve os remédios que costuma dar às crianças, fraldas, todos os itens de higiene para não ter que interromper o passeio e ir às compras (eu não gosto, procuro fazer assim).
  • Leve brinquedos e livros, também é um bom momento para histórias!
  • Se ficar em hotéis, veja na hora de reservar se tem serviços como lavanderia e restaurante. Na minha viagem, usando o serviço de lavanderia reduzi a bagagem… achei ótimo. Programei duas lavagens e funcionou super     bem.

 

The following two tabs change content below.

Cibele Bilancieri

Sou cristã, tenho 37, sou guarulhense e atualmente vivo na Moóca. Casada com Guilherme, mãe do Heitor #aos 4 e Henrique #1ano. Sou feliz por poder cuidar pessoalmente dos meus filhos.

Latest posts by Cibele Bilancieri (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *