Pique-pega, pique-cola….quantos piques você conhece?

Estava lembrando estes dias que apesar do meu filho até hoje brincar de pique,  com 5/6 anos foi a fase que filhão mais brincou de pique-pega. O mais legal foi que a turminha dele na educação infantil, passou a criar piques diferentes.

Tentei puxar da memória quantos piques eu brincava:

Pique-pega: o tradicional correr e pegar

Pique-esconde: escondia e tinha que correr no ponto da contagem inicial para bater e ficar salvo. E até hoje acho o “pique 123 salve todos” uma regra bem injusta com o pegador rs

Pique-alto: Não podia pegar quando estivesse no alto. Era um tal de correr e subir nos bancos do pátio da escola e se pendurar em árvores. Acho que a brincadeira “o chão é lava” se inspirou no pique-alto.

Pique-cola: quando encostava a pessoa ficava colada, parada como uma estátua. Alguns brincavam de salvar apenas tocando, como no pique bandeira, mas a versão mais divertida era quando precisava passar debaixo das pernas do amigo para salvá-lo. O pegador também suava nesta versão.

Pique-bandeira: neste pique as crianças são divididas em times, cada um com sua àrea. Os jogadores precisam atravessar a àrea do time adversário e capturar sua bandeira.

Pique-parede: não vale pegar enquanto estiver com o corpo ou parte dele encostada na parede.

Eu lembro deles inventarem pique-aranha ou caranguejo. Andavam como caranguejos ou aranhas. Também de pique “toca aqui”, para liberar o amigo pego precisavam correr e tocar as mãos no alto. Também inventaram o pique-linha agora já na escola nova. Só pode correr pisando nas linhas da quadra. Algumas vezes apenas criavam temas alinhando com desenhos e personagens que gostavam, tendo regras semelhantes aos piques acima.

Memória de mãe cansada não funciona tão bem… Vocês lembram de mais algum pique?

Anamaria Mendes

Anamaria Mendes, 44 anos, mãe do Lucas, #aos10. Profissional multipotencial. Criativa por natureza, formada em design gráfico, pós-graduada em marketing, ama as duas áreas com a mesma intensidade.

Apaixonada também pelos temas maternidade e educação. Adora conhecer e interagir com pessoas diferentes e aprender com cada contato.

Está sempre criando novas formas de conciliar maternidade e vida profissional.

Colaboradora do canal de YouTube FunToysBrinquedos, criado por seu filho e hoje produzido em família para motivar o brincar. Compartilha um pouco disto tudo no Instagram e Twitter @MaeMaluquinha.

The following two tabs change content below.

Anamaria Mendes

Anamaria Mendes, 44 anos, mãe do Lucas, #aos10. Profissional multipotencial. Criativa por natureza, formada em design gráfico, pós-graduada em marketing, ama as duas áreas com a mesma intensidade. Apaixonada também pelos temas maternidade e educação. Adora conhecer e interagir com pessoas diferentes e aprender com cada contato. Está sempre criando novas formas de conciliar maternidade e vida profissional. Colaboradora do canal de YouTube FunToysBrinquedos, criado por seu filho e hoje produzido em família para motivar o brincar. Compartilha um pouco disto tudo no Instagram e Twitter @MaeMaluquinha.

Latest posts by Anamaria Mendes (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *