Fonte da Juventude

Desde que o mundo é mundo, um sonho parece povoar a mente de todas as civilizações e, principalmente, de nós mulheres: se não podemos viver para sempre, será que podemos pelo menos desacelerar o processo de envelhecimento e ficar ativas por mais tempo?

Pesquisadores da Universidade Brigham Young dizem que descobriram um tipo de exercício físico que pode retardar o processo de envelhecimento dentro de nossas células. “Corta pra mim, produção!!!”  Que exercício faz bem para uma melhor saúde e condicionamento físico ninguém duvida… Mas agora ele pode reduzir a progressão da idade natural de uma pessoa deixando-a até nove anos mais jovem.

Se isso ainda não é a fonte da juventude, é um passo bem interessante… É claro que podemos admitir que um sonho tão grande merece um olhar um tanto cético, mas que tal darmos um crédito? Decidi analisar este estudo e examinar o que os pesquisadores afirmam – vai que dá certo, né?

A pesquisa e os dados

Pesquisadores da BYU, liderados por um professor de ciência do exercício chamado Larry Tucker, estudaram 5.823 adultos que participaram de um projeto de pesquisa de Centros de Controle e Prevenção de Doenças, chamado Inquérito Nacional de Saúde e Nutrição.

Entre muitas outras coisas, este estudo acompanhou a atividade física diária dos participantes. Especificamente, rastreou o grau em que essas pessoas se envolveram em 62 tipos de exercícios ao longo de um período de 30 dias.

O estudo mediu os “valores de comprimento de telômero”. Oi?!? O que é isso, Ana?

Os telômeros são “as pontas de nucleotídeos de nossos cromossomos”, que como explicou a BYU “são como o nosso relógio biológico e são extremamente relacionados com a idade. Cada vez que uma célula se replica, perdemos uma partícula minúscula de suas extremidades. Portanto, quanto mais velhos ficamos, mais curtos são os nossos telômeros.”

E é aí que a coisa fica interessante…

Os níveis de atividade física das pessoas têm quatro categorias – sedentária, baixa, moderada e alta. O estudo descobriu que as pessoas das três primeiras categorias tinham comprimentos de telômeros aproximadamente semelhantes.

Mas para a última categoria, as pessoas que se empenharam em altos níveis de atividade física tinham “140 pares de bases de DNA a mais no final de seus telômeros” do que todos os outros. Isso resulta em uma “vantagem de envelhecimento biológico de nove anos” segundo o artigo de Tucker, que foi publicado na edição de julho de 2017 da Preventive Medicine.

Para traduzir o artigo de forma clara e em termos leigos, praticar níveis elevados de atividade física faz com que suas células se assemelhem mais às de uma pessoa consideravelmente mais nova.

Quanto se exercitar, e como isso ajuda?

Os pesquisadores da BYU, para fins de estudo, definiram “altos níveis de atividade física” a prática de 30 minutos de jogging para mulheres, ou 40 minutos de jogging para homens, durante cinco dias por semana. Olha aí… Agora a hastag #30tododia faz todo o sentido!

Esse nível de atividade física exige certo compromisso, mas provavelmente não está além das habilidades e capacidades de quem toma a decisão de se tornar mais saudável. Qualquer uma de nós pode conseguir…

A busca por encontrar o vínculo entre o aumento do exercício, a melhoria da saúde e uma vida mais longa não para por aí… Se você quer mais alguns argumentos para começar, vamos lá…

Recentemente, pesquisadores da Mayo Clinic chegaram a uma conclusão similar por diferentes razões, descobrindo que as pessoas que praticavam regularmente o treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT) possuíam células mais eficientes na criação de novas proteínas – o que, por sua vez, resulta na “reversão do principal efeito adverso do envelhecimento”. Bingo!

Então, meninas, o estudo comprova que só porque você tem 40 anos, não significa que você tenha 40 anos biologicamente. Embora o envelhecimento seja inevitável, a taxa em que envelhecemos é algo que podemos controlar, pelo menos parcialmente, através do exercício físico. Tenho certeza que vocês conhecem pessoas que parecem mais jovens do que sua idade… e percebam que, talvez, elas sejam também mais ativas do que as demais.

E aí? Bora mergulhar nessa fonte de juventude chamada “atividade física”?

2018 está só começando…

The following two tabs change content below.
41 anos, mãe do Marcello #aos20 e do Lucca #aos12. Pedagoga por formação, educadora por vocação, empreendedora por opção e uma eterna apaixonada por toda forma de desenvolvimento humano. A paixão pelo mundo fitness surgiu depois de uma depressão e hoje, o estilo de vida saudável contagia sua vida na família, nos negócios e por onde vai. Não cozinha, não gosta das atividades “do lar”, mas vive a rotina da casa como qualquer outra “dona da casa” moderna que concilia mil e uma atividades e é feliz assim, sem culpa. Coach, mentora de pequenos negócios e autora do blog Lounge Empreendedor, não abre mão da academia todos os dias, seja as 5:00a.m. ou as 11:00p.m. No Facebook: LoungeEmpreendedor e no Instagram: @AninhaCoelho

Latest posts by Ana Maria Coelho (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *