As praias mais lindas do Rio de Janeiro que você não conhecia

A Sam sugeriu que eu escrevesse sobre praias da região onde moro. Não sei porque não fiz isto antes, já que sempre enfatizo para amigos de fora para não perderem as praias mais lindas do Rio de Janeiro.

Aqui segue um resumo rápido. Sei que algumas praias merecem mais detalhes.

BARRA DA TIJUCA
Falarei rapidamente da Barra. Esta possui mais hotéis e já é um pouco mais conhecida. O mar geralmente é mais calmo. Inicia no Quebra-Mar e segue até o início da Praia da Reserva. No verão costuma ter um mar calmo com muitos bancos de areia e como chamamos “piscininhas”. Não frequento muito por ter muitas opções mais próximas.

Destaque na Barra para a famosa Praia do Pepê, na Avenida do Pepê. Deve ser a praia do Rio com os corpos mais “sarados”. Ponto de encontro de gente bonita, famosos, lá rola paquera, mas também muitas famílias. A água costuma ser rasa durante uma boa extensão. Há alguns anos virou um ponto de encontro para praticantes de Kite surf.

Curiosidade: A Avenida do Pepê e a praia foram assim batizadas em homenagem ao empresário carioca e campeão mundial de voo livre Pedro Paulo Guise Carneiro Lopes, mais conhecido como Pepê, que construiu ali, em 1983, um quiosque personalizado – a Barraca do Pepê –, que ficou famoso pelos sanduíches e sucos naturais.

PRAIA DA RESERVA

Tem este nome pois a praia faz parte de uma área de área de proteção ambiental. O local foi escolhido para a preservação da restinga e do manguezal, vegetação nativa desta parte da cidade. A lagoa é cercada pela vegetação e suas margens são o abrigo de vários animais, incluindo espécies ameaçadas.

Não é possível chegar de transporte público. A estrada passa entre a Lagoa e a praia, oferecendo um dos visuais mais belos do Rio de Janeiro. Durante a semana fujo do trânsito por lá e amo o visual.

Assim como a Barra costuma ter um mar mais calmo.

Tem alguns quiosques com boa estrutura fornecendo para os clientes, barracas, cadeiras e até espreguiçadeiras como o Pesqueiro (mais próximo a Barra) e o Cavalo Marinho (próximo do Recreio). A distância entre os quiosques é grande, oferecendo áreas com menos frequentadores, mas também sem estrutura. Nestes pontos é preciso estar bem preparados com bebidas, lanches, barracas e etc.

PRAIA DO RECREIO
Cresci frequentando alguns pontos da praia. Nos anos 80 todos se conheciam, pois o número de moradores do bairro era pequeno.

O mar no Recreio não costuma ser muito calmo, mas no verão a tendência e o mar com menos ondas. Verão somos presenteados com muitos dias de mar calmo.

O Arpoador tem um pôr-do-sol incrível, mas acho que o do Recreio também valia uma salva de palmas! (foto do início do post).

Posto 9
Próximo ao posto novo existe um ponto de beach tennis com diversas pequenas “quadras”. O beach tennis tem uma grande vantagem em relação ao frescobol para as crianças, a bola e raquete são bem mais leves, tornando mais fácil para elas jogarem.

Canto do Recreio ou Pontal
Quando criança era onde meu pai nos levava na praia. O visual é belíssimo.

Já maiorzinhos subíamos a pedra com ele. Na adolescência, amigos iam até o Buraco da Velha, contornando a pedra para mergulhar. Só recomendo ir com quem realmente conhece o local e é preciso nadar bem para retornar para praia. Pergunte sempre aos salva-vidas se o mar está apropriado para esta aventura.

Este verão estamos adorando fazer stand up paddle. Alugamos sempre com o Xp. São atenciosos, honestos e ainda guardam nossos pertences enquanto nos divertimos na água. Se quiserem resevar a prancha para grupos ou confirmar se o mar está bom para SUP podem entrar em contato pelo whatsapp deles (21) 99719-2107

Também no canto tem a escola de surf do Jeronimo Telles. Je, é morador da região e já teve na sua escola atletas que se destacaram no surf.

No canto é onde meu filho está fazendo a colônia de férias dos salva-vidas, o Projeto Botinho (papo para outro post).

PRAIA DA MACUMBA
Praia mais conhecida pelos surfistas. Na frente da praia existe um camping desde que eu era criança.

Lá também conta com o Quiosque do Rico, tombado pela cidade do Rio de Janeiro. Rico de Souza ,carioca, nascido em 1952, foi um dos grandes responsáveis pela profissionalização da modalidade do surf no País. Nos anos 1970, participava de competições amadoras e ajudava a divulgar o esporte pelo mundo. Foi ele também quem criou a primeira escolinha de surfe do Rio de Janeiro e ainda uma oficina de pranchas.

PRAIA DO SECRETO

Imagem do blog Deixa de Frescura

Não é exatamente uma praia, mas uma piscina natural entre pedras. Ela fica entre a praia da Macumba e a Prainha.

Não indico ir com crianças pequenas. Não é também um local para passar o dia. A descida da pedra é um pouco íngreme para os pequenos e pode estar escorregadia. Ao mesmo tempo que não vale a pena ir quando o mar estiver muito baixo na Prainha e Macumba, não vale também ir com o mar forte. Pode ser bem perigoso.

Não é um local para passar o dia, mas para dar um mergulho, conhecer, tirar belas fotos e seguir para outra praia.

PRAINHA

Seguindo de carro…e somente de carro. Você terá uma das vistas mais lindas do Rio de Janeiro. A Prainha é uma pequena praia entre montanhas. Meu amigos americanos comparam este trecho do Rio ao Havaí.

Possui um restaurante simples com uma bela vista para praia. Uma delícia sentar lá e comer um peixe com este visual.

Conhecida por boas ondas para o surf a praia conta com os a Associação de Amigos e Surfistas da Prainha – ASAP que defende a preservação da região.

Atrás do pequeno estacionamento, o Parque Natural da Reserva da Prainha. Lá é possível seguir a trilha leve e apreciar o visual da região. O Parque e a Prainha hoje existem graças a ação da ASAP.

Em, 1992, por acaso Carlos “Grande” soube que uma grande construtora tinha planos para construir um condomínio e hotéis onde hoje é o parque. Surfistas e frequentadores da praia se uniram e realizaram protestos constantes até que os proprietários do terreno aceitaram permutar a propriedade por um outro espaço com a prefeitura. O movimento contou com o apoio do então Deputado Alfredo Sirkis do PV (Partido Verde) que além de orientar na criação de uma Associação para lutar pela área da Prainha, criou também, através de uma Lei na Câmara, uma Área de Preservação Ambiental (APA).

UPDATE: Este sábado, dia 03 de fevereiro, tem ação de voluntariado na Prainha. Encontro às 8h na entrada do parque. Levem mochila leve com espaço, sacolas plásticas, lanche, água, protetor e repelente! Recomendado para crianças a partir de 7 anos de idade.

“O evento está confirmado, há possibilidade de chuva mas atualizaremos a situação do clima aqui na página. O evento está marcado às 8:40 e o ponto de encontro será dentro do parque (perguntar aos guardas que ficam na entrada do parque.
A atividade ira incluir trilha leve guiada, visita ao meliponário e plantio. 
Sugerimos levar um lanche, roupas adequadas, repelente, água e 3 sacolas plásticas. 
Sairemos do ponto de encontro às 09:00, não se atrasem.

Contato:
Luis Felipe Alves
21 99302-3825″

Para acompanhar updates do voluntariado https://www.facebook.com/events/198726887532643/

GRUMARI

Logo após a Prainha temos Grumari, também área de preservação ambiental.

No canto esquerdo da praia foi criada a única praia de nudismo da cidade, a Praia do Abricó. Ela fica entre as pedras, quando criança frequentei muito, mas não fui após se tornar praia de nudismo. Por ser quase escondida entre pedras chamávamos de praia do pirata. Meu pai inventava histórias e já cavamos muito pela praia brincando de procurar tesouros.

Tanto para ir a Prainha quanto Grumari, é preciso chegar bem cedo. No verão existe um controle do número de veículos na região justamente por ser uma região de preservação ambiental.

O MAR MUDA SEMPRE E CUIDADOS SÃO NECESSÁRIOS

Coloquei um conhecimento geral de praias que tendem a ter o mar mais calmo ou mais apropriado para o surf. No entanto já vi o mar como uma piscina na Praia da Macumba, por exemplo. Assim como já vi ondas enormes na Praia da Reserva.

Acho que vale o alerta, mesmo as praias mais calmas, requerem cuidados. O mar um dia pode estar como uma piscina e no dia seguinte repleto de “valas”. Valas são espaços com correntes que nos levam para o fundo. São responsáveis por 80% dos afogamentos.

Respeite a sinalização caso veja uma bandeira vermelha alertando sobre o mar perigoso. No site do Rico também é possível ver o boletim das ondas, um informe sobre o mar nas diferentes praias do Rio de Janeiro. Para nós pais e mães, muitas vezes o desenho é do mar “flat”, uma piscina para nossos filhos. Clique aqui para ver o boletim das ondas no Rio.

Praias são um lugar mágico para mim. Democráticos, espaço para muitas brincadeiras, mas é preciso respeitar o mar.

E por favor, lembre sempre de recolher o lixo.

The following two tabs change content below.

Anamaria Mendes

Anamaria Mendes, 44 anos, mãe do Lucas, #aos10. Profissional multipotencial. Criativa por natureza, formada em design gráfico, pós-graduada em marketing, ama as duas áreas com a mesma intensidade. Apaixonada também pelos temas maternidade e educação. Adora conhecer e interagir com pessoas diferentes e aprender com cada contato. Está sempre criando novas formas de conciliar maternidade e vida profissional. Colaboradora do canal de YouTube FunToysBrinquedos, criado por seu filho e hoje produzido em família para motivar o brincar. Compartilha um pouco disto tudo no Instagram e Twitter @MaeMaluquinha.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *