Chá de Fraldas: fazer ou não fazer?

Já contei aqui no blog sobre minha experiência com o Chá Revelação, que decidimos fazer com a família e foi uma experiência muito bacana 🙂

Hoje vou compartilhar um pouco do que acho do “Chá de bebês”, hoje mais conhecido como “Chá de Fraldas”. Há pouco menos de um mês fizemos um para o Ben e demos o nome de “As Aventuras de Benjamin”. Decidimos fazer com temas de viagens e aventuras, coisas que eu e o papai gostamos demais!

Ouvi opiniões de amigas que acham que vale a pena fazer só chá de fraldas, outras que acham que é bom pedir outras coisas além de fraldas. Mas também ouvi amigas que sugerem que não seja feito nada.

(Lembram-se do Chá Revelação: Fazer ou não fazer?)

 

Como tudo na vida, não pode rolar stress! Tem que ser algo leve e bacana para a mãe e principalmente numa fase em que ela esteja disposta. Fizemos aqui no salão de festas do prédio, chamei familiares, amigos mais próximos (e, ainda assim, muitos ficaram de fora, infelizmente) e a decoração foi toda feita no melhor estilo #festaemcasa que defendemos tanto aqui no blog.

A decoração maravilhosa e cupcakes ficaram por conta da minha prima Elizabeth.

O bolo, hot dog e docinhos foram feitos pelo meu primo Gilson Jr, @bemboladogourmet.

Nós encomendamos os salgadinhos da Kroke, do Mandaqui, para eu matar saudades da ZN!

Minha mãe, incansável COMO SEMPRE, ficou na rua até os 45′ do segundo tempo, comprando tudo o que a gente precisava para deixar a festa mais bonita.

E os objetos em feltro foram encomendados por mim para Amanda, a @arteiradepano.

Daí eu e meu irmão colocamos pão de queijo no forno, minha melhor amiga, minha irmã é cunhado ajudaram a montar os hot dogs, @samegui ajudou a montar as cestinhas de salgadinhos, eu e minha prima enrolamos docinhos a tarde toda. Festa em casa, uma delícia, todo mundo fazendo um pouco. Cansa um pouco, sim. Durante eu já pensava “não vou querer festa de um ano”, mas depois, é claro, nenhum cansaço derruba a gente.

Ah, as fraldas? Ganhei sim! Muitas! Também ganhei presentinhos lindos para o Benjamin, só que no final das contas, ter as pessoas que querem tão bem ao meu filho, fez muito mais sentido do que ganhar tantas coisas. Deus é bom e eu só posso agradecer pelas fraldas, pelo carinho, pelo amor, pelo cuidado. Gratidão é tudo nessa vida!

The following two tabs change content below.
Sara Martinez, 30 anos, Jornalista, cristã, “mãe” do cachorrinho Billy. Escreve sobre o amor que sente por São Paulo no @pelocentro, onde compartilha dicas da cidade juntamente com sua irmã. Gosta de desenhar palavras coloridas no @fasesinfrases. É maratonista profissional de seriados no Netflix, inscrita em mais canais do que consegue assistir no YouTube e leitora apaixonada. No Twitter e Instagram: @sarafcmartinez.

Latest posts by Sara Martinez (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *