Não sabe o que dar de presente para o adolescente da família? Eu tenho uma sugestão: jogos de escape

Não sabe o que dar de presente para o adolescente da família? Eu tenho uma sugestão.

No aniversário de 15 anos do meu filho do meio, procurando uma alternativa para reunir a turminha mais chegada dele, tive a ideia de festejar no Escape Hotel.

Eu sabia que eles iam curtir porque em julho meus filhos tinham ido com o pai e uns amigos (Jorge, Marcello e Lucca Coelho, família da nossa colunista Ana Maria).  Passeio garantido, investimento certeiro.

Testamos e aprovamos: Escape Hotel

O que eu não sabia era o quanto eu curtir.

Foi MUITO divertido fazer uma coisa juntos, como um time, para celebrar de um jeito inusitado e com um super trabalho de equipe o aniversário.

Eles não fazem festas lá. A mãe aqui já queria levar bolo, fazer surpresa na saída da sala e tal, mas não permitiram. E sabem, foi melhor? Deu aquele efeito “sou moço” que todo adolescente gosta.

unnamed

Na verdade, são moços mesmo… eu reservei a sala da Máfia Kids (errei, deveria ser a Mafia) porque os melhores amigos do Giorgio são cinéfilos e adoram O Poderoso Chefão. E porque eles já tinham ido no quarto Cena do Crime, que seria minha primeira opção.

 

Ao chegar na recepção do “hotel”, o funcionário me olhou com aqueles “homens” ao meu redor (vejam a foto para entender a turma!) e me disse:

“Não quer ver outra sala?”

Ela aceitei a sugestão porque acho mesmo bem legal quando a pessoa da empresa sabe do produto que vende e não deixa o cliente cair em roubadas.

Assim acabamos indo pro Quarto do Drácula!

Avaliem que eu peguei 7 meninos na igreja, depois do culto de domingo, e os levei para um jogo real que envolvia vampiros.

Pois é, foi assim.

Como funciona?

Nós chegamos, fazemos check-in no hotel (como uma hospedagem) e uma pessoa nos leva o nosso quarto. Deixamos todas nossas coisas – incluindo celulares – num armário, do lado de fora. Em seguida, com um tom sério, uma funcionária nos informa, já em frente à porta que vai trancar e de onde só sairemos em 1h, se fracassarmos, ou em menos tempo, se conseguirmos desvendar o mistério.

“O Escape Hotel já foi um antigo cemitério, onde imigrantes húngaros e romenos enterravam corpos. Isso atraiu ninguém mais ninguém menos que Vlad Tepes, mais conhecido como Conde Drácula. Vocês têm a missão de acabar com esse hóspede indesejado.”

Os meninos têm entre 14 e 18 anos, e posso dizer que todos se divertiram como se fossem da mesma idade, rimos como crianças, gritamos, pedimos ajuda, tomamos sustos, nos abraços e, em certo ponto, eles cantaram um louvor (juro!). Deu certo, pois “pela cruz” em seguida a gente desvendou o mistério!

Escape dos mesmos rolês de sempre e experimente visitar o Escape Hotel!

 

Não posso contar mais porque todo spoiler atrapalha (de verdade!), mas garanto que foi incrível porque, como disse o Vinii Marques, “você fica os sessenta minutos inteiros ansioso em resolver os enigmas, empolgado quando encontra uma pista e muito – muito – irritado quando não sabe o que fazer, ou quando alguém atrapalha tudo.”

E não basta apenas resolver o mistério. É preciso encontrar o código para desbloquear a porta e poder escapar.

É muita adrenalina, é trabalho em equipe e diversão sem igual. 

O escape game é um jogo que desafia seu poder de raciocínio, criatividade e perspicácia. Grupos de amigos, colegas de trabalho e famílias inteiras são bem vindos no Escape Hotel. Se eu fosse você, daria este presente para a família toda!
🙂

Queremos ir de novo, sim ou com certeza? Já tenho uma sala escolhida: Perdidos no Espaço.

Criado pelas empresárias brasileiras Vanessa Von Leszna e Patrícia Estefano, o Escape Hotel fica em um charmoso prédio de três andares em São Paulo e oferece salas com jogos roteirizados para diferentes públicos e faixas etárias. A casa funciona de terças a sexta-feiras, das 10h às 23h. Fica na Avenida Pedroso de Moraes 832, em Pinheiros/Vila Madalena (São Paulo-SP).  Para times de 3 a 8 pessoas, as opções são Cena do Crime, Loira do Banheiro, Drácula, Perdidos no Espaço e Templo Maia. Para equipes de 6 a 12 jogadores, a pedida é a sala A Máfia, que mistura escapada e jogo de tabuleiro.  Crianças de 8 a 11 anos podem participar dos jogos, acompanhadas de um adulto. E na sala Mafia Kids, crianças de 7 a 11 anos podem participar, num total de 6 a 12 pessoas.

P.S. O preço (R$ 79,00 por pessoa) pode assustar um pouco, mas a estrutura, o jogo e a emoção fazem valer muito a pena. Ideal para ir com amigos, família, ou até mesmo equipe de trabalho.

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *