Quando a mãe se reinventa – Sobre a I Feira de Empreendedorismo Materno da Lumos Cultural

Tem uma coisa muito maluca que acontece dentro da gente após a chegada de um filho. É como se a vida nos presenteasse com outro ângulo para olhar pra ela e de repente percebemos novas nuances, ganhamos estranhamentos novos e passamos, muitas vezes, a questionar a vida que vínhamos levando. É como se tudo perdesse o sentido e precisasse de um novo, diferente, que comungue com as escolhas que faremos para cuidar da cria da melhor maneira possível.

 

E é nesse estranhamento que muitas mulheres (e alguns homens?) deixam seus trabalhos antigos e se reinventam. Algumas por que desejam ter mais tempo pros filhos e outras, porque aquilo que faziam não faz mais sentido algum pra ela. Ou as duas coisas juntas. E assim nasce o empreendedorismo materno, do desejo de ter mais harmonia e um novo sentido entre maternidade, trabalho e renda.

Eu também vivi esse processo de estranhamento. Como muitas mulheres que se tornam mães, não consegui retomar todos os projetos que eu tocava antes do parto. Fiquei um tempo sem trabalhar e mais um pouco meio perdida. Cheguei a pensar que tinha algo errado com a Psicologia, por isso passei a buscar grupos de empreendedorismo, voltei a estudar e alimentei a esperança de encontrar aquela grande ideia que me deixaria rica (hahaha). Mas o fato é que, comigo, isso nunca aconteceu. E um dia eu compreendi que minhas questões nada tem a ver com a minha profissão, que eu amo, mas com a forma em que eu estava inserida no mercado, que eu também amava, mas que não combina nem um pouco com a mãe que eu busco ser. E assim, continuando a ser Psicóloga, eu me reinventei e fui fazer coisas muito mais bacanas!

Um amigo, um dia, me disse mais ou menos assim: que depois que ele se viu responsável pelo filho, sentiu que as coisas precisavam ser pra valer. Acho que é por aí, essa urgência em viver uma vida de verdade, colocando energia em coisas que façam sentido, dedicando tempo para o que verdadeiramente vale a pena.

Dito (tudo) isso, faço um convite: um grupo sensacional de mães empreendedoras estarão reunidas lá na Lumos Cultural, no dia 02/12, para a I Feira de Empreendedorismo Materno da Lumos. Oportunidade ótima para realizar as compras de Natal.

 

Aqui tem todas as informações que a Caru, nossa ministra da cultura, me enviou. Eu estarei lá prestigiando essa feira linda! Vem também!!!!

Mães empreendedoras se unem em feira natalina

Evento acontecerá na Lumos, espaço focado no puerpério e amamentação

 

São Paulo, 17 de outubro de 2017 – O empreendedorismo materno é um fenômeno recente, mas que cresce exponencialmente. Segundo números da Rede Mulher Empreendedora, três em cada quatro mulheres abrem a própria empresa após a chegada dos filhos, muitas atraídas pela possibilidade de horários mais flexíveis e do desejo de mudar a trajetória profissional.

 

Para incentivar todo esse movimento, a Lumos, espaço focado no puerpério e amamentação, irá reunir algumas dessas mães empreendedoras em uma feira natalina, ajudando essa nova forma de economia em uma época tão importante comercialmente como o Natal.

 

Foram selecionados alguns segmentos de produtos que a Lumos considerou imprescindível para este tipo de evento, e divulgou a proposta em um grupo de empreendedorismo materno. Em menos de 3 dias recebeu o retorno de mais de 50 empreendedoras interessadas.

 

A feira, que acontecerá dia 02/12, terá artesanato, roupas infantis sem gênero, móveis e brinquedos de madeira, slings, roupas e lingeries para mães que amamentam, e muitas outras coisas,

 

Segundo a pediatra e idealizadora da Lumos, Dra. Vania Gato, a ideia nasceu do convívio próximo com as mães de seus pequenos pacientes. “Acompanhei muitos conflitos sobre volta ao trabalho versus vontade de empreender para ter mais tempo com os filhos. Essa feira é a maneira que encontramos para incentivar o consumo de produtos dessas mães, fazendo com que seus empreendimentos ganhem destaque nesse novo modelo de economia”, conta.

 

Mais informações

1a Feira de Natal da Lumos

Entrada gratuita

Data: 02/12

Horário: das 11h as 16h

Endereço: Rua Antônio Alves Magan, 32 – Sumaré, São Paulo – SP

Instagram: @lumoscultural

Facebook: https://www.facebook.com/lumos.cultural/

https://www.facebook.com/events/704676129717962/

 

Sobre a Lumos Cultural

A Lumos Cultural é um espaço que reúne consultórios médicos de diferentes especialidades e um centro cultural que oferece cursos, oficinas, palestras, bazares, encontros e outras atividades.

É uma casa que tem como prioridade o atendimento humanizado ao pós-parto e ao puerpério, entendido não apenas como um período vivenciado pela mulher, mas um momento que toda a família atravessa junta: os primeiros anos de vida do bebê.

The following two tabs change content below.
Nivia Gonçalves Masutti, Psicóloga, Psicoterapeuta Existencial, com experiência em Saúde Pública e Saúde Mental e em Recursos Humanos. Deixou o serviço público e mais tarde, a vida corporativa, ao perceber que, mesmo sendo apaixonada pela correria do trabalho, a maternidade é a sua melhor parte. Mãe de primeira e de segunda viagem, da Luiza e do Guilherme, depois de muitas rupturas e recomeços, encontrou na Psicologia da maternidade, um jeito novo de conciliar as coisas que mais ama: a Psicologia e os filhos. Apaixonada pelos processos de crescimento e transformação do ser humano e pela força dos grupos, atua hoje com atendimentos clínicos individuais, coordena um grupo de pós parto, o Grupo de "Powerpério", na Lumos Cultural, e ainda encontra energia para juntar na sua prática profissional outra paixão: fazer pães, usando o processo de fabricação dos mesmos como metáfora para explicar os caminhos de transformação pessoal.

Latest posts by Nivia Gonçalves (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *