Mao de criança segurando um pequeno carrinho

O tamanho do brinquedo não importa

Resolvi escrever este texto, pois até hoje alguns amigos e tios, querendo agradar o Lucas, dão brinquedos enormes.

Não que ele não tenha utilizado estes brinquedos, mas sempre brincou mais com os bonecos menores. Eu observo que o mesmo ocorre com inúmeras crianças.

Bonecas bebê dos anos 70
Minha boneca era parecida com esta, com a roupinha azul.

Eu mesma nunca esqueci uma viagem a São Paulo que fiz com meu pai. Foi para investigar um sopro no meu coração. Ele ao ouvir do médico que não era nada, ficou tão feliz que quis comprar um brinquedo para mim. Apesar da pouca idade, lembro de estarmos na loja de brinquedos, ele insistindo para eu levar uma boneca grande e eu escolhi uma daquelas bonecas bebês com o corpo de tecido. Amava aquela boneca! Amava tanto que foi um dos últimos brinquedos dos quais me desfiz.

Não deve ser uma unanimidade, meu sobrinho brinca bem com bonecos um pouco maiores, mas o que quero dizer é que precisa bem pouco para agrada-los. Que criança nunca brincou mais com a caixa grande do que o brinquedo grandão? Acredito que os brinquedos menores recebam muita atenção das crianças por serem mais fáceis deles manipularem.

Minhas dicas são para os menores Little People, Imaginext e carrinhos Tonka (ele amava!). Estes são brinquedos pequenos, mas rechonchudos e de um tamanho seguro para quem ainda leva muito o brinquedo para a boca. Um pouco mais crescidos indico blocos de madeira, carrinhos tipo hot wheels, Lego e afins. Os dinossauros e animais de plástico duro e baratinhos até hoje entram em diversas aventuras.

Dinossauros e animais de plástico

 

Aqui ele sempre utilizou estes brinquedos criando historinhas e aventuras. Uma das brincadeiras que mais me fascina e mais curto observar. Criatividades pura!

Algumas destas historinhas refinamos e transformamos em vídeos no canal de YouTube que fazemos em família.

Quero saber quem teve os blocos que mostramos no vídeo quando criança! Conta aí! 😉

 

The following two tabs change content below.

Anamaria Mendes

Anamaria Mendes, 44 anos, mãe do Lucas, #aos10. Profissional multipotencial. Criativa por natureza, formada em design gráfico, pós-graduada em marketing, ama as duas áreas com a mesma intensidade. Apaixonada também pelos temas maternidade e educação. Adora conhecer e interagir com pessoas diferentes e aprender com cada contato. Está sempre criando novas formas de conciliar maternidade e vida profissional. Colaboradora do canal de YouTube FunToysBrinquedos, criado por seu filho e hoje produzido em família para motivar o brincar. Compartilha um pouco disto tudo no Instagram e Twitter @MaeMaluquinha.

Latest posts by Anamaria Mendes (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *