Verdejando no Parque da Juventude

Só eu sei quantos convites legais recebemos para esse sábado. Mas o que ganhou meu coração foi o plantio de árvores nativas no Parque da Juventude, a convite da Rede Globo.

O ciclo de atividades do Verdejando 2017 se encerra com ações no parque construído sobre a antiga penitenciária do Carandiru. Simbólico, não?

O Parque da Juventude mudou a paisagem da Zona Norte de São Paulo desde 2003, ao substituir o Complexo Penitenciário Carandiru por uma área de lazer e entretenimento ao ar livre. Possui ampla área verde, instalações para práticas de esporte, áreas de lazer e entretenimento para pessoas de todas as idades, espaço canino e espaço aberto para shows e eventos. O espaço abriga a Biblioteca de São Paulo, com mais de 35 mil títulos, e o Acessa São Paulo, programa de inclusão digital do Governo do Estado. No local, foram mantidos referenciais históricos da época do Carandiru.

Viram como falta verde?

😉

O projeto mobiliza e conscientiza a população da Grande São Paulo sobre a importância do verde para a vida de todos e nesta semana também esteve pertinho de casa, na Mooca.

E hoje, acompanhados de uma apresentação de Taiko da Associação Cultural e Assistencial da Liberdade, vamos participar do plantio de 600 árvores da Mata Atlântica na entrada principal do Parque da Juventude, próxima à estação Carandiru do Metrô.

Logo depois, vamos curtir os músicos do Playing For Change, comunidade global que busca unir as pessoas e promover a paz e mudanças positivas por meio do poder da música, se apresentam para levar melodia e dança para este dia tão especial.

Entre uma oficina de horta doméstica e uma vivência de árvores generosas, por exemplo, também haverá espaço para a contação de histórias como “O alfaiate desatento” e “O presente das rosas”.

Dia pra curtir muito em família!

🙂

Também dá pra curtir a Biblioteca de São Paulo, que fica no Parque da Juventude, e está entre as melhores do Brasil segundo o Prêmio Instituto Pró-Livro – Retratos da Leitura.

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *