Brincar sem brinquedo: qual é a importância para a criança?

Tenho escrito com certa frequência sobre o brincar livre porque vivo neste ano uma desescolarização da minha filha pequena, de 4 anos.

Brincar ou ter aulas? O que é mais importante na Educação Infantil?

Não vou entrar em batalhas judiciais para educá-la em casa, mas pelo menos neste ano, o último antes que ela seja obrigada a frequentar a escola, eu estou fazendo um ano sabático nosso e tem sido ótimo.

Um dos meus guias é o livro Einstein teve tempo para brincar, escrito por três especialistas em educação: Kathy Hirsh-Pasek, Diane Eyer e Roberta Michinick Golinkoff.

Einstein teve tempo para brincar…

E desde que o li pela primeira vez em 2007, a brincadeira livre, com pouco ou nenhum brinquedo, tem sido um busca aqui em casa.

A Cabaninha montada no sofá e cadeiras na sala, a “mania” de ser mímico e de virar estátua de repente, Batata Quente misturada com guerra de almofadas, atividades simples que nos mostram como a boa infância pode ser revivida mesmo numa realidade cheia de tecnologia e de crianças de cidade grande, contrariando a visão de que a gente precisa de condições externas para ser feliz.

O brincar desestruturado e seus sinais

 

Creio que quem faz as condições ideiais somos nós e quem cria um ambiente lúdico em família são os pais.

Quer saber mais sobre esta estratégia lúdica que pode mudar a vida dos seus filhos?

Segundo texto indicado por Rosely Sayão, “as maiores brincadeiras estão dentro da cabeça da criança, ou seja, surgem através da imaginação. Nem sempre é preciso de um brinquedo para poder brincar e se divertir. E, na verdade, é bom que a criança não brinque mesmo sempre somente com brinquedos prontos para que ela aprenda a usar sua criatividade e estimule a capacidade de construir.”

Um simples graveto pode se transformar em uma varinha mágica, ou em um foguete, ou quem sabe em um bichinho que anda pelo mato.

Vale tudo o que a imaginação da criança permitir e saber criar suas próprias brincadeiras sem brinquedos é importante para o desenvolvimento infantil

O exercício de transformar objetos e situações em brincadeiras é muito importante  na vida de uma criança. A frase “dar asas à imaginação” sempre foi muito coerente e hoje, com tantos brinquedos à disposição dos pequenos, é preciso ser estimulada e praticada de todas as maneiras.

Sabia que brincar, é essencial para o desenvolvimento intelectual da criança?

 

Gostou? Que tal começar a brincar hoje mesmo?

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *