10 conselhos de um pai que perdeu o filho de 3 anos

O pequeno Hughie tinha apenas três anos quando morreu repentinamente vítima de uma hemorragia cerebral, em 18 de agosto de 2016. Pouco mais de um ano após a perda, seu pai, Richard fez um post emocionante no Facebook no qual listou “as 10 coisas mais importantes que eu aprendi desde a morte do meu filho“.

“Ele era gentil, carinhoso e amável. Ele fazia tudo ficar mais divertido. Em apenas três curtos anos, ele nos deixou uma vida inteira de memórias incríveis.”

Veja quais são os comoventes e importantes conselhos que ele deu:

1 – “Você nunca poderá beijar e amar demais“

 

2 – “Você sempre tem tempo. Pare o que você está fazendo e vá brincar, nem que seja por apenas um minuto. Nada é tão importante que não possa esperar“

 

3 – “Tire o máximo de fotos e grave o máximo de vídeos humanamente possível. Um dia, pode ser tudo o que você tem”

 

4 – “Não gaste dinheiro, gaste tempo. Você acha que o que você gasta importa? Não importa. O que você faz importa. Pule em poças d’água, vá caminhar. Nade no mar, acampe, divirta-se. É tudo o que eles querem. Eu não consigo lembrar o que comprei para o Hughie, só consigo lembrar o que nós fizemos juntos“

 

5 – “Cante. Cante músicas juntos. Minhas memórias mais felizes são do Hughie sentado no meu ombro ou ao meu lado no carro, cantando as nossas músicas favoritas. Memórias são criadas com música“

 

6 – “Aprecie as pequenas coisas. Boa noite, a hora de dormir, ler histórias. Jantar juntos. Domingos preguiçosos. Aprecie as coisas simples. São elas que farão mais falta. Não permita que essas memórias especiais passem despercebidas“

 

7 – “Sempre dê um beijo de despedida naqueles que você ama e, se você esquecer, volte e dê um beijo. Você nunca sabe se será a última vez que você terá a chance“

 

8 – “Faça de situações entediantes, divertimento. Viagens ao supermercado, viagens de carro, andanças até o shopping. Seja bobo, conte piadas, ria, sorria e aproveite. Elas são apenas tarefas se você tratá-las assim. A vida é muito curta para não se divertir“

 

9 – “Mantenha um diário. Escreva tudo o que seus filhos fazem que melhoram o seu mundo. As coisas divertidas que eles falam, as coisas fofas que eles fazem. Nós só começamos a fazer isso quando perdemos o Hughie. Nós queríamos nos lembrar de tudo. Agora, nós fazemos isso pela Hettie e faremos para a Hennie também. Você terá essas memórias escritas para sempre e, quando estiver mais velho, poderá olhar para trás e aproveitar cada momento“

 

10 – “Se o seu filho está com você, pare para beijá-lo, à noite. Para aproveitar o café da manhã. Para caminhar até o colégio. Para ir à universidade. Para vê-lo casar. Você é abençoado. Nunca se esqueça disso“

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *