O Bom Gigante Amigo by Roald Dahl

Roald Dahl tem sido uma inspiração aqui em casa nos últimos meses. Vocês relacionam o nome às obras?

Roald Dahl foi publicado pela primeira vez em 1982 e vem encantando leitores de todas as idades desde então. Algumas de suas obras o grande público conhece pela adaptação para o cinema, como “A Fantástica Fábrica de Chocolate”, “James e o Pêssego Gigante” e “Matilda”, que atualmente estão disponíveis em 58 idiomas e já venderam mais de 200 milhões de exemplares em todo o mundo.

Enquanto a “Fantástica Fábrica de Chocolate” lista um dos favoritos do papai (aqui em casa), o BGA ou “Bom Gigante Amigo” é o preferido do nosso leitor #aos9. E este, por sinal, era o único livro de Dahl que não havia sido adaptado para o cinema até a parceria bem sucedida com a Disney.

Originalmente criado como uma história de ninar, era o favorito de Dahl dentre todas as suas histórias. “Ser fiel à linguagem foi muito importante para nós”, diz Spielberg, “e a grande roteirista Melissa Mathison, que também escreveu “ET – o Extraterrestre”, fez o roteiro.

De acordo com o site oficial do filme (leia-se Disney Pictures), o clássico O BOM GIGANTE AMIGO ganhou vida “graças à união do talento de três dos maiores contadores de histórias do mundo, Roald Dahl, Walt Disney e Steven Spielberg“. E que sorte a nossa, não é mesmo?!

Dirigido por Spielberg, o filme O BOM GIGANTE AMIGO da Disney narra a história cheia de imaginação de como um Gigante apresenta à pequena Sofia as maravilhas e os perigos da Terra dos Gigantes.

“Acho que foi genial da parte do Roald Dahl conseguir dotar as crianças de poder, tendo realmente muita coragem de propor essa combinação de luz e trevas – que acaba sendo a marca registrada da Disney em várias outras obras, como Dumbo, Fantasia, Branca de Neve e Cinderela –, que é, ao mesmo tempo, assustador e redentor, sem deixar de ter uma lição que fica e perdura para todos. É espetacular o que ele fez. Foi uma das coisas que me levou a querer dirigir essa história do Dahl”, conta Spielberg.

 

Se vocês  não tiveram chance de assistir ao BGA nos cinemas, o filme disponível para venda nos formatos dvd e blue-ray já está também nas plataformas de TV a Cabo. Nós assistimos pelo Now da NET e foi uma farra de pipoca 🍿 e grande torcida pelo nosso Gigante Amigo!

SINOPSE

O BGA (Mark Rylance), embora gigante, é bem diferente dos outros habitantes da Terra dos Gigantes. Apesar de ter mais de 7 metros de altura, orelhas enormes e um olfato aguçado, ele é um cativante e acanhado bobalhão. Já os outros gigantes, como o Agarramigo (Bill Hader) e o Comecarnecrua (Jemaine Clement), são duas vezes maiores, pelo menos, duas vezes mais assustadores e são conhecidos por comer seres humanos, enquanto o BGA prefere nabobrinhas e Frobscottle. Após chegar à Terra dos Gigantes, Sofia, uma esperta garotinha londrina de 10 anos, primeiro fica com medo do misterioso gigante que a trouxe para a sua caverna, mas logo percebe que o BGA é, na verdade, muito gentil e encantador. Como Sofia nunca tinha visto um gigante antes, faz milhões de perguntas. O BGA lhe mostra Terra dos Sonhos, onde ele colhe sonhos para mandar para as criancinhas, e lhe conta toda a magia e o mistério dos sonhos. Só que a presença de Sofia na Terra dos Gigantes chama a atenção indesejada dos outros gigantes, que são cada vez mais um incômodo. Então Sofia e BGA partem para Londres para encontrar a Rainha Vitória (Penelope Wilton) e preveni-la da precária situação do gigante. Mas é preciso primeiro convencer a rainha e sua criada, Mary (Rebecca Hall), de que gigantes de fato existem. Juntos bolam um plano para se livrar dos gigantes de uma vez por todas.

Não percam!

 

The following two tabs change content below.
Paranaense de coração, vivendo há 10 anos na conexão Rio/Niterói. Sou Relações Públicas, especialista em gestão de pessoas. Abraço a maternidade em tempo integral na minha jornada como mãe do @guri_feliz #aos9 e do @guri_valente #aos4. Fotógrafa nas horas livres e paparazzi dos filhos, também amo cinema, sou muito fã da cultura pop, quadrinhos e seriados de TV. Com Caio e Vicente inventamos muito #lazercomfilhos e artes de um modo geral! E se sobra tempo, a gente se joga nas viagens...

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *