Atividades de férias no Museu Afro Brasil

Localizado no Pavilhão Padre Manoel da Nóbrega, dentro do mais famoso Parque de São Paulo, o Parque Ibirapuera, o Museu conserva, em 11 mil m2 um acervo com mais de 6 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidos entre o século XVIII e os dias de hoje. O acervo abarca diversos aspectos dos universos culturais africanos e afro-brasileiros, abordando temas como a religião, o trabalho, a arte, a escravidão, entre outros temas ao registrar a trajetória histórica e as influências africanas na construção da sociedade brasileira. O Museu exibe parte do seu Acervo na Exposição de Longa Duração, realiza Exposições Temporárias e dispõe de um Auditório e de uma Biblioteca especializada que complementam sua Programação Cultural ao longo do ano.

O Museu Afro Brasil oferece ao público, diariamente, visitas mediadas por uma equipe de educadores, profissionais especializados e pesquisadores comprometidos com as temáticas abordadas nas exposições de longa duração ou temporárias.

Com objetivo de promover a aproximação entre os visitantes e os acervos expostos no Museu as visitas têm como ponto de partida o Acolhimento e pode ser realizado por meio de questionamentos, contação ou leitura de histórias, cirandas, músicas, dentre outras estratégias. Além de preparar o grupo para a visita, o objetivo é contribuir para a qualidade da interlocução entre o Educador e o grupo atendido.

O Museu Afro Brasil é uma das unidades culturais paulistas a oferecer agenda especial para crianças e adolescentes nas férias.

Veja os destaques do mês de julho de 2017:

Kotambola Ya Bana
08 de julho (sábado) 14h00

Nesta atividade, os visitantes são convidados a vivenciarem o espaço do museu e as discussões aqui apresentadas por meio de experiências corpóreas, sonoras e táteis. Para tanto, a proposta é realizar mediações e contações de histórias, músicas, brincadeiras, danças e vivências que foram recriadas pelos africanos e seus descendentes no Brasil, e que atuaram e atuam como formas de resistência aos processos desumanos de escravização. Tendo em vista as facetas do racismo na infância buscaremos ênfases nos processos de valorização da identidade negra com as crianças.

Duração: 2h00.
Atividade gratuita.
Público-alvo: infanto-juvenil.
Inscrições: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br

Visita “Outros futuros? Olhares para a diáspora africana” + Atividade prática
15 de julho (sábado) 14h

A visita sugere uma investigação, a partir do acervo, acerca dos aspectos do passado e do presente das populações negras da diáspora, pensando na importância e nas estratégias de construção de outras narrativas históricas e um olhar crítico sobre o futuro. Ao final da visita será proposta aos participantes uma atividade prática relacionada ao tema afrofuturismo.

Duração: 2h00.
Atividade gratuita.
Público-alvo: infanto-juvenil.
Inscrições: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br

Oficina “Uma tarde no Museu (LARP)”
16 de julho (domingo) 14h00

Neste domingo, acontece o LARP (Live Action Role Playing) no Museu Afro Brasil. Nesta tarde de domingo, os educadores convidam os visitantes a uma sessão de LARP: enquanto conhecem o acervo do museu, participam de um jogo onde eles interpretam obras de arte. A partir de 12 anos.

As visitas aos finais de semana são realizadas com grupos de no mínimo 5 e, no máximo, 20 pessoas de todas as idades. Para participar, é necessário chegar com 15 minutos de antecedência ao horário programado e procurar o setor de acolhimento.
Duração: 2h00.
Público-alvo: a partir de 12 anos.
Aos domingos, o Museu Afro Brasil é pago, valores dos ingressos e política de gratuidade estão disponíveis em nosso site.

Visita temática “Áfricas em Estampas” + Oficina
22 de julho (sábado) 14h00

A partir de uma visita ao acervo do Museu Afro Brasil, serão destacadas as diferentes grafias de povos do continente africano, seus aspectos geométricos e significados culturais. A visita é seguida de uma oficina, na qual confeccionaremos padrões de estampas em tecidos.

Duração: 2h00.
Atividade gratuita.
Público-alvo: livre.
Inscrições: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br

Aos pés do Baobá (sessão 1)
29 de julho (sábado) 11h00

Durante este evento de contação de histórias ou mediação de leitura, os visitantes terão oportunidade de conhecer narrativas africanas ou afro-brasileiras e, em seguida, participar de um bate-papo conduzido por integrantes do Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil. Devido à programação de férias, a atividade acontecerá em duas sessões, no sábado e domingo.

Duração: 2h00.
Atividade gratuita.
Público-alvo: livre.
Inscrições: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br

Visita Temática “Poesia em movimento” + oficina de construção poética
29 de julho (sábado) 14h00

O objetivo da visita é percorrer possibilidades e estruturas poéticas em produções de diferentes períodos históricos representados no acervo do Museu Afro Brasil. Esse exercício permitirá encontrar a lírica para além das rimas, abrindo um campo de possibilidades de experimentação do fazer poético.

Duração: 2h00.
Atividade gratuita.
Público-alvo: infanto-juvenil.
Inscrições: eventos.educacao@museuafrobrasil.org.br

Aos pés do Baobá (sessão 2)
30 de julho (domingo) 14h

Durante este evento de contação de histórias ou mediação de leitura, os visitantes terão oportunidade de conhecer narrativas africanas ou afro-brasileiras e, em seguida, participar de um bate-papo conduzido por integrantes do Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil. Devido à programação de férias, a atividade acontecerá em duas sessões, no sábado e domingo.

As atividades aos finais de semana são realizadas com grupos de no mínimo 5 e, no máximo, 20 pessoas de todas as idades. Para participar, é necessário chegar com 15 minutos de antecedência ao horário programado e procurar o setor de acolhimento.
Duração: 1h30.
Aos domingos, o Museu Afro Brasil é pago, valores dos ingressos e política de gratuidade estão disponíveis em nosso site.

O Museu Afro Brasil agenda visitas mediadas de terça a sexta-feira 9h30, 11h30, 13h30 e 15h30, aos sábados 10h30 e 14h e aos domingos 11h.

  • Endereço: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº – portão 10 – Parque Ibirapuera – São Paulo – SP
  • Telefone: (11) 33208900
  • Site: http://www.museuafrobrasil.org.br
  • Entrada gratuita aos sábados. Nos demais dias, ingressos a R$ 6,00 (inteira) e R$ 3,00 (meia). Confira detalhes aqui antes de sair.

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *