Domingo MAM: programação gratuita voltada a experimentações

Adoramos o MAM, mas, admito, dá preguiça ir ao Parque do Ibirapuera por conta do trânsito da região nos dias de semana e porque é super difícil estacionar nos finais de semana. Mas, mesmo assim, vale a pena o “empenho”.

Para quem também curte o espaço e gosta de oferecer cultura para as crianças, a gente deixa uma dica: o programa Domingo MAM convida o público a experimentar diversas linguagens artísticas na marquise do parque Ibirapuera de acordo com os eixos temáticos dança, música, cultura popular, cultura de rua e oficinas plásticas.

A programação é criada a partir dos interesses e desejos do público do parque aos domingos, principalmente dos jovens que habitam o entorno do museu, sendo muitos deles os propositores das atividades e protagonistas das ações.

  • As oficinas plásticas acontecem das 11h às 12h em frente à Aranha (Spider, Louise Bourgeois) ou ao grafite d’OSGEMEOS. Um espaço de livre criação em que, a cada semana, uma prática artística  (serigrafia, escultura, pintura ou confecção de materiais diversos como: brinquedos, instrumentos musicais e objetos ópticos) é trabalhada.
  • No período da tarde, a programação acontece entre 14h e 17h, nos espaços da marquise e do Jardim de Esculturas. As atividades incluem apresentações musicais de instituições parceiras, encontros de dança, atividades sobre cultura popular e cultura de rua, como oficinas de maculelê, rodas de tambor, hip-hop, samba e capoeira.

O Domingo MAM acontece todos os finais de semana. É aberto a todos os públicos e todas as atividades são gratuitas. Conheça a programação em na agenda.

Neste domingo, 16/07/2017, tem Colagem sem tesoura, às 11h, e Pocket show de hip hop com Odisseia das flores, às 15h30. No outro, 23/07/2017, tem Construção de Galáxias, às 11h, e Arrastão do Kazunji, às 16h. No dia 30/07, tem  Jogos com corda e bambu, às 11h, e  Apresentação musical com Projeto Palco, às 16h. 

Veja algumas atividades que já aconteceram nesta proposta:

 

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *