Para as férias: corte e costura como estímulo à criatividade

Quem aí deixa as crianças mexerem com agulha e linha? Eu aprendi em casa (minha Batian me ensinou cedo!) e estimulamos os pequenos a treinarem a coordenação motora fina com uns pontos lá e cá.

Não coloquei em aula e acho que não faria.

Isso porque eu tanto pedi que minha mãe me matriculou na aula de corte e costura nas férias de escola quando tinha 11 para 12 anos e foi muito chato.

Por isso, quando eu penso em costura para crianças e adolescentes, acho que o melhor é começar customizando, fazendo alguns pontos a mão, bordando, aplicando efeitos e, depois, quando pegar gosto, dá para fazer alguns projetos simples.

Reciclar jeans, criando bolsas, capas de cadernos ou almofadas pode animar e ainda ensinar um tanto de consumo consciente!

Também é possível fazer projetos rápidos, como almofadas, sacos para guardar brinquedos, e necessaires e bolsas.

Para meninas, como as da Aline, eu sugiro bordar ou ajustar/recortar camisetas para elas mesmas e, para as menores, fazer roupinhas para bonecas.

🙂

E não é só na teoria! A gente pratica!

Eu tinha combinado que ia ensinar a Clarinha (filha mais nova da nossa colunista Aline Kelly) a customizar umas roupas e hoje, primeiro dia de  férias dela, fizemos nossa primeira peça. Era uma vez uma camisa do Giorgio que perdeu os botões, ganhou bordados para prender a manga, foi acinturado e virou uma chemise.

Rolem as fotos para ver como #aos10 tem jeito!

Quem aí deixa as crianças mexerem com agulha e linha? Eu e @ctsano, japinhas típicas, aprendemos em casa (minha Batian me ensinou cedo!) e estimulamos os pequenos a treinarem a coordenação motora fina com uns pontos lá e cá. Eu tinha combinado com @alinekelly que ia ensinar a Clarinha a customizar umas roupas e hoje, primeiro dia de #ferias dela, fizemos nossa primeira peça. Era uma vez uma camisa do Giorgio que perdeu os botões, ganhou bordados para prender a manga, foi acinturado e virou uma chemise. Rolem as fotos para ver como #aos10 tem jeito! #tempojunto #menospresentemaispresença #encontrosquetransformam #costura #costuraquecura #amoremcadaponto (por @samegui 👩‍👦‍👦mãe dos nerds #aos17 e #aos14👩‍👧e da pequena #aos4) #maecomfilhos #mãesreais

Uma publicação compartilhada por Blog @maecomfilhos (@maecomfilhos) em

E ela nem chegou ainda na idade para ir comigo e com a mãe na Mega Artesanal!

Estivemos hoje na feira e foi incrível!

Quem lê o nome pode torcer o nariz e pensar que é “só” artesanato, mas tem confeitaria e festa, corte e costura e artes manuais. Há educação, empreendedorismo, inovação, além de, claro, insumos, máquinas, ferramentas e acessórios até peças prontas. São várias exposições, lançamentos de livros, performances de artistas e cerca de dez mil vagas diárias em cursos gratuitos que ajudam quem procura um jeito rápido de ganhar um dinheiro extra e complementar o orçamento familiar.

Nós fizemos uma aula de bordado no stand da Döhler Têxtil e foi divertido demais.

Eu e Aline nos encantamos com Desafio de Moda & Craft. 48 alunos do curso de Modelagem do Vestuário de três ETECs (Escolas Técnicas Estaduais) serão divididos em duplas e terão sete horas para criar um  modelo conhecido apenas minutos antes de cada dia de Desafio. O material a ser utilizado por cada ETEC será papel, feltro, fitas e fios, tecido, botões e aviamentos. Todos os trabalhos ficarão em exposição ao longo da feira, independentemente de sua classificação. Serão premiados o primeiro, segundo e terceiro melhores projetos de cada ETEC, com divulgação do resultado, entrega de certificados e brindes no último dia da feira.

Viram como artesanato é um nome vago para este DIY (do it yourself, ou seja, faça você mesmo)?

Recomendo muito o evento!

Serviço:

  • Mega Artesanal 2017
  • Data: 11 a 16 de julho (11/07 apenas para lojistas, imprensa e convidados)
  • Horário: De 11 a 15 de julho, das 10h às 18h, e 16 de julho das 10 às 17h
  • Local: São Paulo Expo
  • Endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5
  • Vans gratuitas: na estação Jabaquara do metrô, durante todos os dias
  • Ingresso: R$ 20,00 inteira e R$ 10,00 meia entrada
  • Proibida a entrada de menores de 12 anos
The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *