Carta para Ana Beatriz ou Benjamin

Vai ter mais uma mãe de bebê no blog, quem será dessa vez?

Agora além de ser a mãe de pet (mãe do Billy), vou contar um pouco sobre minha jornada como gestante. Estou esperando a Ana Beatriz ou Benjamin, que vai chegar em janeiro de 2018. Escrevi uma carta para o bebê que logo virá. Esse universo é todo novo e está sendo divertido descobrir um tanto de coisa diferente. Vou postar também no meu instagram: @sarafcmartinez. Conto com vocês 🙂

Eu fiquei pensando em todas as palavras que estão presas aqui dentro há um tempo, em todas as palavras que sempre sonhei dizer para meu filho ou minha filha, em todas as palavras prontas que eu já tinha guardadas no coração. Nenhuma delas apareceu quando eu vi uma manchinha branca dentro de mim e quando eu ouvi seu coração bater acelerado, mais exatamente 150 batimentos por minuto. A médica não nos preparou para isso, nenhum filme, seriado, livro me preparou para isso. Você já mostrou que veio para me deixar sem palavras e sem ação.

A segunda vez que ouvi seu coração, com 10 semanas, estava ainda mais acelerado e descobri você é um bebê grande para a sua idade. Também, né? Puxou seu pai, certeza. E você estava todo sagaz, com mão na cabeça, na cintura e dando piruetas que eu ainda não consigo sentir, mas sei que me darão um susto logo, logo, assim que eu te sentir “chutar” pela primeira vez. A médica deu parabéns para a gente, tudo estava indo muito bem 🙂

As coisas hoje em dia são modernas e, então, consegui te ver mais uma vez com 11 semanas, na consulta com a nova médica. Ela já queria dar um palpite para falar se você é a Ana Beatriz ou o Benjamin, mas a verdade é que eu vibrei tanto tempo em te ver coçando o rosto, que não parei para pensar direito nisso! Eu saí tão feliz do consultório que nem liguei que a médica me proibiu de comer peixe cru e que reduziu drasticamente a quantidade de café que eu tomo por dia. O importante é que você estava bem, pulando dentro de mim, já me avisando que será bagunceira ou bagunceiro igual o papai.

Ah, eu espero que você não puxe o lado desastrado da sua mãe aqui, porque, no mesmo dia, depois de ter ver, eu saí gritando de felicidade no telefone com seu pai e: quase quebrei o pé na rua. Consegui meter o pé direito num buraco na rua e ganhei dois lindos machucados. Prometo que estou ficando mais atenta ou pelo menos tentando, então não fica bravo aí dentro se eu chutar o dedo midinho no pé da cama ao levantar. Eu tô realmente tentando ter mais atenção.

Eu já disse que as coisas hoje em dia são modernas né? E quando você ler isso, provavelmente vai rir, porque vai pensar “sério, mãe? você achava que vivia num mundo moderno?”. Mas voltando… consegui te ver mais uma vez e foi lindo! Um exame super demorado que media cada pedacinho seu. Eu e seu pai só conseguimos rir de felicidade e trocamos olhares de amor, susto, empolgação e pensamos: NOSSA, estamos adultos. Para comemorar, te levei para comer pastel, uma instituição paulistana, que espero que você seja tão apaixonado quanto eu, mas se for do time da pizza, igual seu pai, tudo bem também.

Acho que nos vemos de novo mês que vem, enquanto isso fico lembrando do seu rostinho e dos seus movimentos de malabarista dentro de mim. Minha próxima carta para você já será com o seu nome. Minha filha cheia de graça e que me traz felicidade ou meu filho amado, filho da nossa força. Deus é bom o tempo todo e por isso eu só posso agradecer 🙂

Com amor.

Sempre sua,

The following two tabs change content below.
Sara Martinez, 30 anos, Jornalista, cristã, “mãe” do cachorrinho Billy. Escreve sobre o amor que sente por São Paulo no @pelocentro, onde compartilha dicas da cidade juntamente com sua irmã. Gosta de desenhar palavras coloridas no @fasesinfrases. É maratonista profissional de seriados no Netflix, inscrita em mais canais do que consegue assistir no YouTube e leitora apaixonada. No Twitter e Instagram: @sarafcmartinez.

Latest posts by Sara Martinez (see all)

Comments

comments

One Reply to “Carta para Ana Beatriz ou Benjamin”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *