Bicicleta, esteira, elíptico ou escada: qual deles você vai encarar?

Quem quer perder uns quilinhos e deixar o corpinho em dia sabe que os exercícios aeróbicos são grandes aliados nessa missão nada fácil. Mas aposto que você já chegou na academia, olhou para aquele monte de aparelhos e ficou na dúvida entre bicicleta, esteira, elíptico ou escada? Não é mesmo?  Pois isso não é mais desculpa pra não queimar as gorduras! Hoje vamos falar sobre qual desses aparelhos aeróbicos é o mais potente pra você emagrecer e arrasar por aí. Afinal, a gente tem os pequenos, mas também quer estar em dia para o verão que vem por aí, né?

Bicicleta: não é a mais potente, mas é amiga das iniciantes

Se seu maior objetivo é só emagrecer, talvez a bike não seja a melhor opção. O gasto calórico desse aparelho é 40% menor em relação aos exercícios feitos na esteira durante o mesmo tempo e intensidade. Uma pena, né?

A boa notícia é que se você é daquelas que acabou de se matricular na academia e ainda está meio perdida, não precisa se desesperar mais! A bicicleta pode ser sua melhor amiga nesse momento. SIM! Ela é perfeita pra quem acabou de chegar e não tá acostumada a fazer nenhum tipo de exercício ou apresenta sobrepeso. Tudo isso porque o seu impacto é baixo e não tem nenhuma contraindicação. Se você está se recuperando do parto, por exemplo, é perfeito. Tá vendo, sem mais desculpas esfarrapadas pra desistir de malhar!

Só muita atenção na hora de pedalar: o ideal é não jogar o corpo no guidão, porque desse jeito a intensidade do exercício diminui, logo, você perde menos calorias. Aí ninguém merece tanto esforço pra nada, né?

Esteira: perfeita pra emagrecer

A mais concorrida das academias, a esteira é puro amor pra quem curte andar ou correr. E não é à toa. Esse aparelho é ótimo porque você pode variar a velocidade e a inclinação pra aumentar a queima de gorduras. Ou seja: ela é perfeita para te ajudar a eliminar aquela barriguinha, que é exatamente o que a gente quer, né? O melhor de tudo é que além de trabalhar as pernas, a corrida na esteira movimenta bastante o core (o conjunto de músculos que sustenta e protege o centro do corpo). Então é só escolher uma playlist bem bacana e correr – literalmente – pro abraço!

Mas, cuidado! Como é uma atividade de alto impacto nas articulações, se você tem dores ou já sofreu alguma lesão na coluna, nos joelhos ou nos tornozelos ou ainda está muito acima do peso evite a esteira.  Eu mesma tive uma bursite no quadril e tive que me poupar por um período. Respeite seus limites, lembra?

Elíptico: o queridinho do baixo impacto

No período da minha bursite, o médico liberou a atividade aeróbica no elíptico. Como os pés ficam sempre em contato com o aparelho, as chances de lesões nos joelhos e nos tornozelos são mínimas e a sensação de esforço é menor quando comparado à esteira. Detalhe: nele, pode-se queimar de 200 a 400 calorias por hora e o condicionamento físico atingido é praticamente o mesmo que na esteira.

Além de oferecer uma menor pressão sob os quadris e coluna, no elíptico você ainda tem uma vantagem extra: junto com o trabalho dos músculos da perna, você ainda exercita o peitoral, deltóide, bíceps e tríceps (isso se não soltar as barras da parte superior do aparelho!)

E o mais legal é que você ainda pode variar o treino ao controlar a intensidade, focar o exercício no quadríceps ao soltar a barra e fazer o exercício no modo reverso, levando os pedais para trás.  Tudo no seu ritmo e equilíbrio, hein!

Por todos estes benefícios pode-se dizer que o elíptico é mais indicado para quem está muito acima do peso, que não tenha um bom condicionamento físico e para os que estão recuperando-se uma alguma lesão, mas não querem deixar de malhar.

A escada é potente, mas pra quem já tem um ritmo intenso de exercícios

A escada é pra quem já está acostumada a praticar atividades aeróbicas e quer ir além da queima calórica, fortalecendo pernas e bumbum. Pra ficar mais fácil comparar, subir três lances de escada é igual a 10 minutos de caminhada moderada. Ou seja, você pode ter aquela sensação do “coração saindo pela boca” de tão puxado que esse exercício é! Por exigir muito esforço, seu gasto calórico também é alto: a cada um minuto na escada, você elimina cerca de 14 calorias. Ufa!

MAS… E sim, isso é um mas maiúsculo… a escada não é um exercício indicado pra quem está acima do peso! A subida não é tão difícil, o problema é na hora da descida, que acaba sobrecarregando coluna e joelhos. Aí não pode arriscar, né? Mas sem desânimo! É só escolher outra atividade, ok?

Se optar pelo simulador de escada, algumas dicas são importantes para não perder o passo e não tornar o exercício perigoso: não apoie o peso do corpo nas barras laterais nem incline o tronco à frente, fique atenta à velocidade e pise com o pé inteiro no degrau – não só com a ponta, o que pode sobrecarregar a panturrilha.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre os quatro queridinhos da atividade aeróbica nas academias, que tal levantar daí e começar? Bom treino e até semana que vem!

The following two tabs change content below.
41 anos, mãe do Marcello #aos20 e do Lucca #aos11. Pedagoga por formação, educadora por vocação, executiva por opção e uma eterna apaixonada por toda forma de desenvolvimento humano. A paixão pelo mundo fitness surgiu depois de uma depressão e hoje, o estilo de vida saudável contagia sua vida na família, na empresa e por onde vai. Não cozinha, não gosta das atividades “do lar”, mas vive a rotina da casa como qualquer outra “dona da casa” moderna que concilia mil e uma atividades e é feliz assim, sem culpa. Coach e mentora de pequenos negócios, gerente de treinamento numa empresa beeeeem tradicional e autora do blog Lounge Empreendedor, não abro mão da academia todos os dias, seja as 5:00a.m. ou as 11:00p.m. No Facebook: LoungeEmpreendedor e no Instagram: @AninhaCoelho

Latest posts by Ana Maria Coelho (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *