Reciclando e decorando com brinquedos e suculentas

Estamos chegando no final da Semana Mundial do Meio Ambiente, por isto pensei em sugerir uma brincadeira com as crianças relacionada ao tema.

Você pode criar arranjos com cactos e suculentas com as crianças ou até mesmo reciclar brinquedos. Por que sugiro estas plantas? Pois são resistentes e requerem pouco manutenção. Eu quando casei, parecia ser a menina do dedo preto. Nenhuma planta durava aqui em casa. Até que passei a ter entre os meus clientes um horto de plantas. Nos últimos anos aprendi muito com eles, inclusive que me faltava apenas mais informação.

Dinossauro de plástico com suculentas Dinossauro de plástico rosa com suculentas Dinossauro vermelho e suculentas

Sempre indico iniciar com plantas mais fáceis de cuidar ou mais resistentes. Isto evita a frustração que eu vivi quando tinha menos informação.

Caminhões de brinquedo com suculentas

Cactos pode parecer uma sugestão estranha para crianças, mas meu filho adora cactos. Ele tem muitos desde os 5 anos de idade e aprendeu a cuidar deles com cuidado. Para o caso de utilizarem cactos indico apenas utilizarem luvas. Os com espinhos menos cumpridos são mais fáceis de manusear.

Aqui em casa pegamos um cachepô que estava sem utilização para criar um arranjo com catos e suculentas que estavam ficando grandes para os potinhos em que vieram.
Colocando argila expandida no vaso - Semana Mundial do Meio Ambiente
É indicado colocar no fundo do cachepô ou do brinquedo argila expandida ou pedriscos para ajudar a manter o solo bem drenado. Em lojas especializadas você pode comprar o substrato correto para cactos e suculentas, garantindo oferecer um solo drenado para as suculentas. Coloque um pouco de substrato (terra) por cima da argila ou pedrisco.

Quando tirar a sua planta do vasinho poderá observar com as crianças as raízes. É importante antes de plantar, soltar com cuidado as raízes antes de colocar no cachepô ou brinquedo. Isto ajudará que se expandam no novo solo.
Raízes do cactos - Semana Mundial do Meio Ambiente
Vá colocando as plantas como desejar e preenchendo o espaço com mais substrato.
COlocando substrato no cachepô - Semana Mundial do Meio Ambiente
Eu indico regar as plantinhas uma vez na semana, dependendo do clima local, com uma colher de sopa. Cactos e suculentas podem passar longos períodos sem rega, mas morrem com o excesso de água. Vi esta semana uma pessoa regando com aquele recipiente para catchup e achei uma excelente ideia.

Apesar de resistentes, lembrem-se que estas plantas precisam sempre de luminosidade e convém 3 vezes ao ano usar algum tipo de fertilizante (alimento das plantas).

Para quem gosta, como eu, de aguçar o interesse das crianças, dependendo da idade, pode aproveitar esta brincadeira para:
– só observar
– falar dos cuidados com natureza ou meio ambiente
– criar responsabilidade de ter o cuidado com sua plantinha
– falar sobre diferentes solos
– como as plantas funcionam, as partes das plantas, como se alimentam, fotossíntese
– porque os cactos tem espinhos

Não sou professora e nem precisa seguir minhas sugestões. A brincadeira por si só deve gerar algumas questões por parte da criança. O importante é o contato com a natureza que irá criar respeito e conscientização.

Outra brincadeira legal é propagar suculentas, mas isto fica para um outro post.

The following two tabs change content below.

Anamaria Mendes

Anamaria Mendes, 44 anos, mãe do Lucas, #aos10. Profissional multipotencial. Criativa por natureza, formada em design gráfico, pós-graduada em marketing, ama as duas áreas com a mesma intensidade. Apaixonada também pelos temas maternidade e educação. Adora conhecer e interagir com pessoas diferentes e aprender com cada contato. Está sempre criando novas formas de conciliar maternidade e vida profissional. Colaboradora do canal de YouTube FunToysBrinquedos, criado por seu filho e hoje produzido em família para motivar o brincar. Compartilha um pouco disto tudo no Instagram e Twitter @MaeMaluquinha.

Latest posts by Anamaria Mendes (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *