Presentes maravilhosos pra alguém que teve bebê (e que quase ninguém dá) 

Uma amiga compartilhou essa lista e me apaixonei. É da timeline de Taci Cotta, atribuído a Cecilia Pereira Stabile.

😉

Gostei porque tive amigas e familiares que fizeram algumas dessas delicadezas para mim. Não fui tão boa, acabo preferindo não visitar para não incomodar! 

Mas como uma das minhas melhores amigas está grávida, bom, já tenho que ir relembrando né? 

🤰🏻
1. Contratar alguém pra ir fazer uma escova a domicilio na mãe e/ou fazer sobrancelha e/ou manicure (acredite, ela vai dar pulos de alegria de se sentir bonita no meio do puerpério. Sugestão de dia: comemoração de um mês do baby, pra sair bonita nas fotos)

2. Levar uma lasanha pronta só pra assar ou uma torta de legumes ou de frango pronta (não ter que pensar no jantar por um dia vai ser um alívio). Dica: conferir se ela está com restrição na dieta por alergia ou cólicas no bebê caso esteja amamentando.

3. Estoque de chocolates (seguir dica acima)

4. Visitar entre 15 e 17 horas, levando um bolo ou outra coisa de comer (SEMPRE levar o que for comer, pois poupa a mulher de pensar em algo pra servir) e segurar o bebê para ela tomar banho. Assim ela estará limpa, alimentada e de pijama limpo quando chegar a hora da bruxa (choradeira do bebê e tristeza da mãe, que geralmente chega ao anoitecer)


5. Se for muito íntima e se tiver experiência com bebês: visitar na hora do banho do bebê (deixar a mãe montar a banheira e escolher a roupa) e oferecer para dar o banho enquanto ela faz alguma coisa ou descansa. Se ela achar melhor não, ajudar a secar ou vestir ou alcançar as coisas. Ou se houver filhos mais velhos, entreter ou dar janta enquanto ela banha o bebê. O final do dia e hora do banho são a pior hora para quem tem mais de um filho. 

6. Se houver filhos mais velhos: levar o filho para passear, ir ao cinema ou brincar bastante com ele .

7. Passear com o cachorro da família, alimentar os bichos , escovar os bichos, levar ao pet shop ou veterinário ou simplesmente brincar com os bichos da pessoa (os animais são uma grande fonte de culpa pois geralmente são deixados em segundo plano e sentem demais a chegada do bebê) .

8. Levar frutas e legumes frescos (checar antes com ela).

9. Oferecer para acompanhar a mulher nos retornos no obstetra / no pediatra / vacinas (especialmente do segundo filho em diante ela provavelmente estará sozinha para fazer isso).

10. Se for muito íntima: por roupa para lavar, estender roupa e dobrar roupa seca do varal.

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *