Sesc na Semana Mundial do Brincar 2017

Entre os dias 20 e 28 de maio, o Sesc São Paulo realiza em toda a sua rede estadual a Semana Mundial do Brincar, que este ano tem como tema O Brincar que Encanta o Tempo. Direcionadas a crianças entre 0 e 12 anos e seus familiares, educadores e demais adultos de referência, as atividades abarcam experiências práticas e teóricas que visam a fortalecer a brincadeira como elemento fundamental do universo da infância, principalmente para a Primeira Infância (0 a 6 anos). O evento aproxima adultos e crianças numa convivência lúdica e em atividades interativas, e provoca reflexões e discussões sobre o tema por meio de palestras, bate-papos e diversas atividades.

Sesc Belenzinho

“Ao brincar, a criança trafega livremente por entre territórios e personagens brincantes, passa a melhor conhecer os limites de seu próprio corpo e a apreender o mundo à sua volta, numa constante leitura dos sentidos da alteridade.

O Sesc, em parceria com a Aliança pela Infância, realiza uma série de atividades em diversas linguagens com o intuito de lançar olhares sobre a importância do brincar, entendendo-o como uma urgência e como um direito ao convívio lúdico nos dias atuais”, afirma o diretor regional do Sesc São Paulo, Danilo Santos de Miranda, sobre a Semana Mundial do Brincar.

O ‘tempo de brincar’ é o tempo da convivência e da descoberta. Assim, as ações das unidades durante a Semana Mundial do Brincar são pautadas considerando brincadeiras que se relacionam com o tempo da infância, que tem a duração do envolvimento dedicado pela criança ao ato de brincar. As atividades oferecidas incluem também discussões acerca do uso e distribuição desse tempo sem perder o encantamento.

Leiam também: Aprender brincando é a proposta do Curumim, sócio-educativo disponível nas unidades do Sesc

Destaques da programação:

Entre os destaques de 2017, estão a atividade Brinquedos encantadores para bebês, que acontece no Sesc Pinheiros dia 21 e estimula a brincadeira com objetos simples do cotidiano de forma criativa e afetiva, contemplando também o atendimento a crianças com deficiência física ou intelectual; a vivência Inventário da infância, promovida pela jornalista e pesquisadora Gabriela Romeu no Sesc Santana dias 27 e 28, que reflete sobre as infâncias brasileiras e o exercício de ser criança por meio da imersão no universo das histórias, cotidianos, tradições e brincadeiras; a ação Através de histórias com jogos e brincadeiras, em que as atrizes e contadoras de histórias Patrícia Torres (Cia Narrar) e Thalita Passos (Grupo Mãos de Fada) trazem jogos lúdicos teatrais utilizando Libras (linguagem de sinais) para o Sesc Piracicaba, dia 27, de forma a garantir o compartilhamento de experiências entre crianças surdas e ouvintes; e a mobilização Brincar é direito, dia 26, quando crianças, familiares e educadores de escolas e instituições de educação percorrem as ruas de Santos pelo direito do brincar nos espaços públicos da cidade.

A agenda cheia dos pequenos, que os deixa sem tempo para brincar, é tema do encontro Tempos de criança: reflexões sobre a agenda cheia e o desenvolvimento infantil, no Centro de Pesquisa e Formação do Sesc, dia 22. As palestrantes Katia A. KühnChedid, Juliana Borges e Tatiana Weberman falam dos impactos da agenda cheia no desenvolvimento da criança abordando estudos, pesquisas e iniciativas realizadas nessa área. A importância do brincar também é abordada no Sesc Bom Retiro, dia 27, com uma atividade teórico-prática: um bate-papo costurado com a prática de brincadeiras tradicionais ministrado por Lucilene Silva, doutoranda em Música na UNICAMP, com a proposta de integrar adultos e crianças.

No Sesc Pompeia, entre outras atividades, a Semana Mundial do Brincar propõe um Pronto Socorro de Brinquedos, dia 28, instalação que complementa a Feira de Troca de Brinquedos e Livros, e visa fazer pequenos reparos e consertos simples em brinquedos, feitos pelo P.S. das Bonecas. As brincadeiras afro-brasileiras e africanas, por sua vez, são tema da programação do dia 27, sábado, no Sesc Santo Amaro, onde o grupo Manui realiza brincadeiras musicais com um repertório de diversas cantigas e danças de origem africana.

Sesc na Semana Mundial do Brincar 2017 – O Brincar que Encanta o Tempo
De 20 a 28 de maio de 2017
Todas as unidades do Sesc São Paulo (capital, litoral e interior)
Entrada Franca
Classificação indicativa: Livre
Programação completa:
https://www.sescsp.org.br/semanamundialdobrincar

O @maecomfilhos é apoiador oficial da Semana Mundial do Brincar 2017. Quer apoiar também? Basta se envolver em ações que permitam a união de pessoas de idades e culturas diferentes do brincar livre e tratado como um fim em si mesmo, sob todas as formas. E, sobretudo, garantir que o brincar tome conta de espaços públicos e privados, instituições, escolas, ruas e famílias. A inspiração para 2017 é o tema “O Brincar que Encanta o Tempo”.
The following two tabs change content below.

Aline Kelly

Administradora, mãe de três, facilitadora em processos de interação e gestão de conhecimento em projetos de formação cidadã, direitos básicos e empreendedorismo. Em seu blog escreve sobre participação social, práticas sustentáveis e outros pensamentos aleatórios.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *