Dia a dia com plantas e crianças

Essa bela casa da foto me encanta e me remete a algumas reflexões sobre o quão benéfico pode ser criar filhos mais próximos do chão do que da tecnologia, mais próximos da terra do que dos suspiros em frente à televisão. Foi parte da infância que eu tive e é a infância que eu adoraria que meus filhos tivessem, mas enquanto ensaio a mudança para uma casa, não deixo de oportunizar aos meus filhos um contato diário com o verde, com o cheiro do mato sempre que possível e, sobretudo, com a habilidade de plantar e cuidar daquela folhagem ou flor com todo o direito que lhe cabe, sendo boa terra, iluminação adequada, rega frequente, respeito e carinho.

Vocês sabiam que as plantas, assim como os animais de estimação, desenvolvem-se melhor com carinho? Verdade! Por isso não riam quando ouvirem alguém conversando com suas folhagens, essa troca de energia boa é produtiva para todos!

Enfim. Além da boa vontade de querer aproximar crianças de plantas, garantindo-lhe essa familiaridade gostosa com a terra (e com o que está vivo), vale trazer os “verdes” para dentro de casa por interesse pessoal e decorativo também. Nessa hora as mães devem pensar 💭 “por que não, unir o útil ao agradável”?!

As plantas são super bem-vindas nos projetos de decoração. Conferem tranquilidade e frescor aos ambientes, além de emprestar uma graça a mais favorecendo a beleza das cores e formatos.

E como fazer? Vasos pequenos ou grandes? Muito sol ou pouco? Plantas podem ser venenosas ou todas são do bem? E se tiver espinhos? Eu viajo muito, só combino com plantas de plástico. Quando molhar e mexer na terra? Não tenho talento, minhas plantas morrem. 

As perguntas são muitas, a começar por qual flor ou folhagem mais combina com você. Os lugares para adquiri-las são diversos e valem desde floriculturas de bairro a grandes sítios de cultivo que atuam como fornecedores para condomínios e paisagismo em geral. Há grandes redes de super mercados que também oferecem vastas opções, como é o caso da Rede Pão de Açúcar. Em cidades maiores, vale recorrer aos mercados municipais e centros de distribuição, como a CADEG, no Rio de Janeiro.

Você vai se encantar e quando decidir escolher vasos e cachepôs, descobrirá um novo universo, tão rico, colorido e atraente que vai desejar encher a casa de plantinhas. Com elas mãos, vale dispô-las em vasos para jardins internos (as jardineiras retangulares com prato próprio), vasos altos e fundos dependendo da raiz ou jardins verticais (nas paredes, com muitas opções no mercado, como as bolsas ecológicas). Na hora de escolher um exemplar, pesquise se consegue sobreviver nas condições que oferece (temperatura e luminosidade). E não se esqueça de que a planta pede cuidados de manutenção, como regar com a frequência ideal, além daquele olhar especial de uma boa companhia que a admire de vez em quando.

Pronto! Suas mãos começaram a coçar? Tomara que sim!!!

Se você estiver muito insegura sobre o investimento financeiro nas folhagens ou no tempo para cuidar delas, comece com cactos e suculentas. Mas, prepare-se, podem virar uma paixão! Exigindo pouco espaço, vocês não acreditariam nas muitas opções de “ambientes” em que elas podem se desenvolver. Lembrando que os cactos tem espinhos e eventualmente, os mais finos e quase imperceptíveis, visitarão seus dedos, mas uma luva de couro própria para jardinagem irá resolver. As suculentas são variadas e encantadoras e são ótimas amigas das crianças que as veem como “plantinhas” literalmente e facilmente aprendem a cuidar delas. Ambas as plantas armazenam água e por isso são regadas com intervalos maiores e seu crescimento é proporcional ao espaço que lhe é concedido.

Vejam fotos abaixo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para quem vai arriscar com plantas maiores, e já tem seus bebês ou filhos maiores (possíveis ajudantes, inclusive) e deseja aproximá-los do “verde” mesmo sem estar numa casa ou mesmo num imóvel rico em espaços livres e/ou iluminados diretamente pelo sol, há plantas de todos os gostos e uma combina com você. Este é o caso das samambaias, da espada de São Jorge, do Fícus e da palmeirinha Ráfis. A gérbera, flor que se apresenta em diferentes cores também é ótima amiga e todas essas plantas beneficiam o ar que vocês irão respirar.

Vou deixar uma listinha para agitar vocês!

ESPADA DE SÃO JORGE – por ser uma planta muito resistente, pode ser usada nas mais variadas composições, desde jardins de pedras a vasos para ambientes internos. Deve ser regada a cada 15 dias, sem molhar as folhas, e mantida à meia-sombra.

SAMAMBAIA – A popular samambaia também é um umidificador natural e remove do ar o formaldeído, além de atuar como um purifcador de ar geral. É uma das melhores plantas para se ter em ambientes muito fechados.

PALMEIRA FICUS – Purifica o ar do ambiente de modo geral.

GERBERA – Além de linda, as gérberas já foram estudadas pela NASA, que afirma que esta é uma planta fantástica quando se trata de remover benzeno (que é uma substância cancerígena) do ar. Ela trabalha bem à noite para absorver o dióxido de carbono e jogar oxigênio no ar, portanto é perfeita para se ter no quarto.

BABOSA DE PAU – Deve ser cultivada sem luz direta do sol e não é resistente ao frio, por ser uma planta tropical. As regas devem ser feitas sempre que o solo estiver secando.

Vou dar três dicas valiosas para envolver as crianças nesse processo todo:

Leve seus pequenos companheiros para escolher as plantas e conversem sobre ela, como características interessantes, cheiro, textura;

Compre acessórios de jardinagem para seu pequeno ajudante, afinal um brinquedo novo (digo, instrumento de trabalho) é sempre motivador;

Chame-o para regar e podar sempre que você for fazê-lo e mostre duas coisas: o cuidado com as plantas, assim como bichos de estimação exige uma rotina e o segundo, ainda mais importante, a companhia do seu filho é preciosa e você a deseja muito!

Boa sorte! 😘

The following two tabs change content below.
Paranaense de coração, vivendo há 10 anos na conexão Rio/Niterói. Sou Relações Públicas, especialista em gestão de pessoas. Abraço a maternidade em tempo integral na minha jornada como mãe do @guri_feliz #aos9 e do @guri_valente #aos4. Fotógrafa nas horas livres e paparazzi dos filhos, também amo cinema, sou muito fã da cultura pop, quadrinhos e seriados de TV. Com Caio e Vicente inventamos muito #lazercomfilhos e artes de um modo geral! E se sobra tempo, a gente se joga nas viagens...

Latest posts by Tiffany Stica (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *