Do piso ao teto, eu tudo posso, eu tudo quero!

Sabe quando o olhar desliza até a profundidade do ambiente? A sensação de continuidade e leveza pode ser a chave para um ambiente muito mais harmonioso e clean. Já pensou em usar mármore, madeira, vidro, porcelanato, cimento queimado e até tecido, para compor piso, paredes, teto e também a porta, tudo ao mesmo tempo? Pois você terá uma surpresa agradável ao aplicar essa ideia no ambiente, claro, a dica aqui é sempre consultar um especialista em cada item ou um decorador e tenha em mente a paleta de cores que mais agrada ao olhar, toque e que você tenha maior afinidade.

Você pode usar por exemplo, uma faixa do item escolhido, começando pelo piso, continuando pela parede e seguir até o teto ou naquela inspiração maravilhosa que aparece do nada, resolver deixar todo o ambiente da mesma forma.

Tempos atrás estive em um restaurante, que revestiu as portas do banheiro, com o mesmo azulejo usado no piso e nas paredes, resultado? Não existe a quebra de cores e composição de material, confortável aos olhos, mas no primeiro descuido, precisei tatear a parede para encontrar a saída, não é um problema sério, mas podemos levar em consideração que apesar de ficar harmonioso, pode atrapalhar os apressadinhos, fugitivos, crianças e idosos, porém deixar a porta de lado, não deixa nosso projeto menos interessante.

Vem dar uma olhada na galeria de inspirações e nos conte se gostou 😉

 

The following two tabs change content below.

Débora Denise

Débora Domingues, 35 anos, aquariana e curiosa. Mãe do João Pedro, 09 anos, sócia da TGB Vidros – Vidraçaria e nas horas de folga, adoro falar sobre construção e decoração.

Latest posts by Débora Denise (see all)

Comments

comments

3 Replies to “Do piso ao teto, eu tudo posso, eu tudo quero!”

  1. Débora, que lindo! Adorei as inspirações 💙 Sabe sobre o que gostaria de ler de dica tua? Inspirações para home office 🙂 Tô querendo arrumar o espacinho que tenho numa mesa lá em casa.
    Beijo,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *