Viva – A Vida é uma Festa “lembra” demais Festa no Céu

 

Ai, gente, desabafo: estou muito deepcionada com o novo filme da Pixar…

Viva – A Vida é uma Festa conta a história de Miguel, que sonha em se tornar um grande músico como seu ídolo, Ernesto de la Cruz — apesar de a música ter sido banida em sua família.

Para provar seu talento, Miguel vai à pitoresca Terra dos Mortos, seguindo uma misteriosa sequência de eventos. Ao longo do caminho, ele conhece o trapaceiro Hector e juntos partem em uma jornada para descobrir a verdade por trás da história da família de Miguel.





Fala sério, o enredo “lembra” demais Festa no Céu, concordam?

Me falaram também que tem um quê de A Viagem de Chihiro.

O novo filme é dirigido por Lee Unkrich (Toy Story 3), codirigido por Adrian Molina (story artist de Universidade Monstros) e tem no elenco Anthony Gonzalez (Miguel), Benjamin Bratt (Ernesto de la Cruz), Gael García Bernal (Hector).

Viva – A Vida é uma Festa (em inglês Coco) estreia nos cinemas dia 04 de janeiro de 2018.





The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Comments

comments

One Reply to “Viva – A Vida é uma Festa “lembra” demais Festa no Céu”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *