Carimbo – uma brincadeira divertida

Uma das brincadeiras recorrentes aqui em casa são os carimbos.

Fiz os primeiros pra confecção das lembrancinhas do aniversário de dois anos do #mininerd

De lá pra cá, venho fazendo alguns esporadicamente e sempre me surpreendo com o quanto o Daniel se diverte brincando <3

Em casa, costumo fazer os carimbos esculpidos em borracha (aquela comum, de uso escolar. Na época, comprei um caixa com 20 unidades na Kalunga por menos de R$ 4 e achei que compensava, pois era bem barato).
Alguns anos atrás encontrei plaquinhas especiais para confecção de carimbos na Daiso. Comprei algumas mas depois de um tempo não vi mais nas prateleiras (acredito que teve pouca saída e por isso não importaram mais)

Carimbo de borracha (um monstrinho fofo)
Carimbo feito na placa de borracha da Daiso

Confesso que ainda não tentei outras técnicas mais por falta de tempo mesmo rs

Como eu faço?

Sempre procuro no Pinterest ideias pra carimbos novos e tenho um painel só pra salvar essas referências 🙂

  1. Depois de decidir qual será a imagem do carimbo, passo o desenho para um papel vegetal usando lápis (dá pra usar sulfite também, mas acho um pouco mais complicado para transferir a imagem pra borracha)
  2. Coloco o lado que a imagem está riscada em contato com a borracha e, do lado avesso (que ficou para cima) uso uma moeda ou tampa de caneta para “raspar” o papel, fazendo com que o grafite do lápis seja transferido para a superfície da borracha
  3. Daí é só cortar com um estilete (muito cuidado nessa parte, pois qualquer movimento errado e você pode se cortar </3 )
  4. Fique atento ao cortar, para criar um ângulo de 45º (figura abaixo) e garantir maior precisão na hora de carimbar 😉

Outros tipos de carimbos

  • De recorte de EVA colado sobre base firme (peça de madeira, papelão, rolha de vinho ou tampinha PET)
    Este me parece um tipo interessante e mais prático, já que você consegue recortar o EVA com uma tesoura e não necessariamente usando estilete. Outro ponto forte é que você pode criar os carimbos no tamanho que desejar, o que a borracha limita pelo seu tamanho pré-determinado
  • De batata esculpida ou outros legumes (quiabo, base de adelga, limão ou laranja cortados)
    Este eu confesso que não acho muito legal, pois o alimento virar brinquedo não é uma ideia que me agrada de forma alguma (fora o desperdício, né?)
  • De rolo de papel higiênico
    Dá pra fazer círculos ou corações, criando padrões
  • De barbante ou macarrão colados sobre estrutura rígida (peça de madeira, papelão ou borracha)
  • De bandeja de isopor
    Desenhada com lápis para criar os sulcos da estampa, passa-se uma camada de tinta direto sobre a imagem para fazer a transferência do desenho pra superfície desejada (papel ou tecido). Me parece bem mais prática que a de borracha ou EVA, que você precisa desenhar e cortar antes de carimbar
  • Usando garfo descartável para criar padrões

Dicas

  • Lembrar sempre que a imagem deve ser feita espelhada, principalmente se tiver alguma mensagem ou palavra escrita
  • Pensar em formas simples  e com poucos detalhes, se você tem pouca experiência com o uso de estilete
  • Usar carimbeiras (tem na Kalunga, por valores acessíveis –aqueles de escritório, com tintas azul, vermelha e preta)
  • Na falta de uma carimbeira, pode-se usar pincéis ou rolinhos de tinta para aplicação da tinta. Uma camada fina basta, para não enxarcar o papel ou tecido (muita tinta pode fazer a imagem ficar borrada)

Onde pode ser usado

  • Para brincar com as crianças
  • Com tinta para tecido, podem ser feitas estampas para camisetas, almofadas ou ecobags
  • Num papel grande, pode ser criado um papel para presente personalizado ou também pode ser usado para encapar cadernos
  • Fazendo carimbos triangulares, pode ser feito um kit de tangram, para as crianças brincarem

E deixo aqui um arquivo com algumas ideias para quem quiser sair fazendo carimbos pra começar a semana mais colorida 😉

The following two tabs change content below.

Cristina Sano

29 anos, mãe do Daniel Akira, #aos6 , designer de profissão e jornalista de formação. Costuro, cozinho, troco spot de luz e acredito em tudo aquilo que é feito com amor. Nerd, fã de Doctor Who e sci-fi, ouvinte de podcasts, consumidora de conteúdos do Youtube e Netflix e ciclista iniciante na arte de andar por São Paulo de bicicleta 😉

Latest posts by Cristina Sano (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *