Programação de férias no Zoológico de SP estimula reflexão sobre conservação

Uma das paixões da Manu é exatamente o primeiro lugar que os irmãos mais velhos descobriram em São Paulo, ainda antes de nos mudarmos para cá, em 2005: o Zoológico. Não à toa, a pequena adora assistir o Zoo da Zu (como já contei aqui) e ‘sempre nos pede para irmos lá.

Nestas férias de verão teremos motivos a mais para incluir o Zoo na agenda: tem uma programação de férias com muitas atividades, como exposições, peças de teatro e palestras, com a temática da conservação ambiental. Além disso, é possível conhecer mais de 3.000 espécies de animais.

Neste ano, a programação de férias do Zoo aborda o papel de zoológicos na conservação das espécies, além de mostrar como atitudes diárias podem impactar, positiva ou negativamente, a biodiversidade. Os visitantes podem conhecer alguns dos projetos que o Zoo de São Paulo participa, além das histórias sobre os animais “símbolos” do parque.

Programa de Visitas Monitoradas

O Zoo oferece visitas monitoradas para os alunos da rede, com roteiros diversos adequados a cada faixa etária, que abordam questões relacionadas a fauna, a conservação da natureza, a utilização responsável dos recursos naturais e a interferência do homem no meio ambiente. As visitas podem ser adaptadas também para grupos de deficientes visuais.

E até os bem pequenos podem se divertir, sabiam?

Uma das visitas monitoradas chama “CADÊ O LOBO?”

  • Objetivo: desmitificar o lobo-guará e o grupo ao qual pertence essa espécie, estigmatizado em lendas e histórias, transmitindo mensagens sobre as características, comportamentos, hábitos e conservação dessa espécie de forma lúdica, levando em consideração as necessidades de aprendizado nas diferentes fases do desenvolvimento da criança.
  • Público-alvo: estudantes do Ensino Infantil (crianças com idades entre 2 e 6 anos)
  • Número de participantes: no mínimo 20 e no máximo 40 crianças por período.
  • Roteiro: a visita, que tem duração média de 2h30min, se inicia no espaço educativo Era Uma Vez onde ocorre uma contação de história sobre os lobos, mediada pelo fantoche do lobo-guará. Na sequência, o grupo é instigado a, junto ao educador, buscar ajuda de outros animais para encontrar o recinto do lobo-guará. A procura começa pelo recinto do tamanduá-bandeira, passando pelo elefante-africano, rinoceronte, e chegando ao espaço Vida de Bicho, momento em que o fantoche retorna para apresentar um animal surpresa. Retomada a procura, o grupo prossegue pela girafa, onça-pintada e jacaré até encontrarem o lobo-guará interagindo com seus enriquecimentos. A visita toda é conduzida de maneira lúdica com brincadeiras e entrega de máscaras do lobo.

Gostou? Saiba mais.

E tem o Mundo dos Dinossauros, uma parte nova e pequena do parque, mas que agrada muito as crianças.

São mais de 20 dinossauros robotizados, em tamanho real, em uma área com mais de 3 mil metros quadrados em meio à natureza, como a que eles viviam há 65 milhões de anos, quando foram extintos. As peças estão posicionadas em meio à Mata Atlântica do Zoológico, no mesmo local onde, por conta da preservação ambiental, habitam diversas espécies de animais de vida livre, como tucanos, pica-paus, sabiás, tatus, macacos bugios, bichos-preguiça e lagartos teiús. As réplicas de dinossauros parecem reais, se movimentam  e até respiram. Há animais de oito metros de altura e de até 25 metros de comprimento entre os expostos. Há ainda réplicas de fósseis.

Passeio noturno

Oportunidade única de observar e conhecer melhor várias espécies de animais de hábitos crepusculares e noturnos, que muitas vezes estão menos ativas durante o dia. Além disso, alguns animais da fauna nativa como gambás, corujas e morcegos também podem ser avistados passeando livremente pelo parque. O passeio ocorre quinzenalmente às sextas-feiras, em datas pré-estabelecidas, com abertura de datas a partir de fevereiro.

Serviço:

Fundação Parque Zoológico de São Paulo

Avenida Miguel Stéfano, 4241, Água Funda – São Paulo – SP

Fone: (11) 5073-0811

Estacionamento para ônibus e veículos de passeio: em frente a Bilheteria Principal

Bilheteria Zoo (Ingresso ao Zoo)

  • Adultos ou crianças acima de 12 anos – R$ 33,00
  • Crianças de 6 a 12 anos – R$ 11,00
  • Crianças até 5 anos – Gratuito
  • Pessoas com deficiências – Gratuito
  • Idosos (a partir de 60 anos) e estudantes portando documento de identificação estudantil vigente – R$ 11,00 (meia entrada)
  • Professores da Rede Pública Estadual e das Redes Municipais de Ensino do Estado de São Paulo, portando Carteira Funcional emitida pela Secretaria da Educação, ou pela apresentação do respectivo holerite – R$ 11,00 (meia entrada)

Bilheteria Zoo (Ingresso ao Zoo + Ingresso ao Mundo dos Dinossauros)

  • Adultos ou crianças acima de 12 anos – R$ 49,50
  • Crianças de 6 a 12 anos – R$ 17,50
  • Crianças até 5 anos – Gratuito
  • Pessoas com deficiências – Gratuito
  • Idosos (a partir de 60 anos) e estudantes portando documento de identificação estudantil vigente – R$ 17,50 (meia entrada)
  • Professores da Rede Pública Estadual e das Redes Municipais de Ensino do Estado de São Paulo, portando Carteira Funcional emitida pela Secretaria da Educação, ou pela apresentação do respectivo holerite – R$ 17,50 (meia entrada)

Nota:
Não é permitida a visitação exclusiva ao Mundo dos Dinossauros.
O pagamento de ingressos somente em dinheiro ou cartão de débito, não aceitam cheques ou outra forma de pagamento.

 

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *