Seis dicas de sobrevivência para a maratona de compras de Natal

 

Com a proximidade do Natal, é hora de encarar os shoppings lotados e centros de compra popular em busca do presente perfeito. Para enfrentar essa verdadeira maratona, a clínica geral do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Lígia Brito, dá algumas dicas de como se preparar melhor e evitar aborrecimentos.

1 – Hidrate-se constantemente: é fundamental a ingestão de muita água, suco de frutas, isotônicos ou água de coco, principalmente se estiver realizando as compras em locais a céu aberto, para evitar tontura e mal-estar, que podem surgir após um longo período exposto ao sol.

2 – Alimente-se antes de sair de casa: faça uma refeição reforçada, leve e rica em carboidratos para dar energia. Outra dica é a ingestão de alimentos rápidos e práticos, como barra de cereal e frutas. Não é indicado o consumo de alimentos com maionese e ovo, pois ambos se deterioram rapidamente com o calor. Também é preciso ficar alerta com a higiene dos ambulantes e restaurantes. “É importante observar a limpeza, armazenagem e validade desses alimentos. No caso das bebidas, não consuma com lacre amassado nas garrafas e latas”, recomenda a médica.

3 – Proteja-se do sol: Normalmente, os centros populares são em local aberto e, por isso, é imprescindível o uso de protetor, a cada três horas, no rosto e demais partes do corpo. Bonés, chapéus e óculos escuros também são ótimos parceiros.

4 – Cuidado com as crianças: Lígia Brito sugere não levar a garotada em locais tão movimentados. Além de ser muito cansativo, as crianças podem se dispersar facilmente. Caso não seja possível deixá-las em casa, a especialista recomenda atenção redobrada aos pais para a hidratação dos filhos, que são mais sensíveis do que os adultos.

5 – Bactérias estão por toda a parte: Em locais muito movimentados, é indicado utilizar álcool em gel para higienizar as mãos. Quando for ao banheiro, é preciso lavar bem as mãos antes e depois da sua utilização. No interior das lojas, a atenção deve ser redobrada: o vírus da gripe, H1N1 e vírus entéricos (que podem causar diarreia e vômitos) podem estar em todo lugar e no ano inteiro.

6 – Abuse do conforto: Dê preferência para tênis e sapatos baixos para evitar dores nos pés e coluna. Já as sandálias abertas não são indicadas. “Em locais a céu aberto, os pés estão expostos às infecções e micoses”, destaca a clínica geral. Roupas leves também são mais indicadas para enfrentar o calor.

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *