Todos os caminhos levam à Roma

 

De ontem, quando sobrou um tempinho sem as crianças, pude conferir o filme “Todos os caminhos levam à Roma” (All Roads Lead to Rome), um longa da Califórnia Filmes, estreia recente da Rede Telecine. Atraída pela chamada “mãe e filha rebelde fugindo para a Itália”, o filme parecia ser o que de fato é, uma comédia familiar leve e agradável pra gente rir um pouco e relaxar.

Do início ao final da história, o brilho no olhar de reflexão, de esperança e por vezes, insegurança da mãe, ficam perfeitos para o rosto de Sarah Jessica Parker, a mãe que não sabe ao certo o que está fazendo. O mesmo olhar apaixonado de Sexy and the city, que já conhecíamos, também surge e a gente se deleita com um romancinho água com açúcar.

Mas o filme tem outro viés interessante, quando mostra dilemas existenciais comuns aos jovens adolescentes em busca do seu real lugar e também de uma razão existencial. A experiência dos mais velhos e novos horizontes (fugindo do cotidiano) são a peça que faltavam na vida de uma filha em conflito com a mãe, em conflito consigo mesma.

Muito bacana. Recomendo!

img_6959

Sinopse.

Maggie (Sarah Jessica Parker) é uma mãe divorciada e professora universitária em Nova York. Em um esforço para se reconectar com a sua filha adolescente, Summer (Rosie Day), ela decide embarcar em uma jornada para uma vila em Toscana, onde seu ex-namorado vive. Mas ao chegar lá, insatisfeita, Summer decide fugir roubando um carro e algo mais.

img_6960 img_6962

The following two tabs change content below.
Paranaense de coração, vivendo há 10 anos na conexão Rio/Niterói. Sou Relações Públicas, especialista em gestão de pessoas. Abraço a maternidade em tempo integral na minha jornada como mãe do @guri_feliz #aos9 e do @guri_valente #aos4. Fotógrafa nas horas livres e paparazzi dos filhos, também amo cinema, sou muito fã da cultura pop, quadrinhos e seriados de TV. Com Caio e Vicente inventamos muito #lazercomfilhos e artes de um modo geral! E se sobra tempo, a gente se joga nas viagens...

Comments

comments

One Reply to “Todos os caminhos levam à Roma”

  1. Não gostei do filme. A fotografia é linda, mas acho que esse conflito mãe e filha foi pouco explorado. Mas vale pelo amor na terceira idade e pela Itália.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *