Acne aos 40?

Tenho uma dica muito boa pra compartilhar!

Há algumas semanas atrás, participei de um evento promovido pela Mantecorp para apresentar alguns novos produtos das linhas anti-idade, higiene capilar e facial e fotoproteção. O evento em si foi muito bacana, a dermatologista Flávia Ravelli falou sobre dois problemas que me são velhos conhecidos, a acne e a dermatite seborréica, mas devo confessar que fiquei um tantinho frustrada, porque estava mesmo interessada em saber se enfim eu haveria de encontrar um produto que amenizasse os sinais do tempo e que eu pudesse usar. Só que eu ouvi o que sempre ouço de todos os dermatologistas (e foram muitos): eu preciso cuidar do excesso de oleosidade da minha pele antes de tudo.

Acontece que por volta de uns dois meses antes de completar 40 anos, voltei a ter acne feito adolescente, mas esta característica da minha pele não impede que o tempo passe também para mim.  E não, isso não é legal, ter espinhas é chato com 13, com 16 ou com 40 anos. Resolvi experimentar este sabonete líquido aqui:

Eu já conhecia a linha Epidac. Este sabonete é fabuloso! Ele deixa a pele sequinha e ao mesmo tempo macia, com a sensação de pele limpa mesmo! (Quem sofre com a oleosidade sabe do que eu estou falando). Mas a melhor parte foi perceber que minha acne melhorou apenas com a limpeza diária. E eu pude comprovar isso na última semana, que foi uma daquelas que de tanto correr, a gente se descuida, sabe? Pois bem, fiquei uns dias usando outro sabonete qualquer, que estava “mais à mão”. Ganhei duas novas espinhas bem pequeninas, que vieram só pra me lembrar de não me descuidar de novo. Recomendo. E o produto não é feito pra quem tem a minha idade, mas pra quem tem sofre com a oleosidade, ou seja, quem é adolescente vai curtir. E quando chegar a vez da Luiza, já sei como ajudar!

Eu também testei o shampoo, da linha Pielus DI. O que me chamou a atenção é que ele cumpre com a promessa de não ressecar os cabelos, coisa que a maioria dos outros shampoos anti-caspa podem até prometer, mas não cumprem. Tanto que eu nunca uso este tipo de produto, só em raros momentos em que há muita piora. Gostei bastante também!

dsc_3956

Agora que minha pele está mais sequinha e meu cabelo limpo e hidratado, estou mesmo tentada a me arriscar com os produtos da linha Reviline. A Chris Santos testou e contou lá no Cosmethica. Eu estou reunindo coragem pra testar também. O que acontece é que, com excesso de oleosidade, qualquer produto “extra” na pele, pode desencadear a acne.

dsc_3953

Se quiserem saber mais sobre este produto, a Chris conta como foi usar aqui:

Cosmethica Testou: Reviline Sérum e Reviline Olhos Mantecorp

The following two tabs change content below.
Nivia Gonçalves Masutti, Psicóloga, Psicoterapeuta Existencial, com experiência em Saúde Pública e Saúde Mental e em Recursos Humanos. Deixou o serviço público e mais tarde, a vida corporativa, ao perceber que, mesmo sendo apaixonada pela correria do trabalho, a maternidade é a sua melhor parte. Mãe de primeira e de segunda viagem, da Luiza e do Guilherme, depois de muitas rupturas e recomeços, encontrou na Psicologia da maternidade, um jeito novo de conciliar as coisas que mais ama: a Psicologia e os filhos. Apaixonada pelos processos de crescimento e transformação do ser humano e pela força dos grupos, atua hoje com atendimentos clínicos individuais, coordena um grupo de pós parto, o Grupo de "Powerpério", na Lumos Cultural, e ainda encontra energia para juntar na sua prática profissional outra paixão: fazer pães, usando o processo de fabricação dos mesmos como metáfora para explicar os caminhos de transformação pessoal.

Latest posts by Nivia Gonçalves (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *