Passaporte dos Museus no mês das crianças

Visitar os museus do Governo do Estado de São Paulo na Semana da Criança vai ser ainda mais divertido. Entre os dias 10 e 16 de outubro, quem tirar uma selfie com criança de 0 a 12 anos durante visita em um dos museus estaduais da capital e postar no Facebook com a hashtag #MuseusSP, poderá ganhar até dois Passaportes de Museus – um para o adulto e um para a criança -, que deverão ser retirados na Pinacoteca do Estado, na Casa das Rosas e no Museu da Imigração.

Para retirar os Passaportes, basta apresentar, de 10 a 23 de outubro (ou enquanto durar o estoque), no próprio celular, a imagem da foto postada no Facebook entre os dias 10 e 16 de outubro, com a hashtag #MuseusSP no próprio celular, na bilheteria de um dos três pontos de entrega:

Pinacoteca do Estado

Praça da Luz, 2 – Centro

Funcionamento: quarta a segunda das 10h00 às 17h30.

Casa das Rosas 

Avenida Paulista, 37 – Bela Vista

Funcionamento: terça-feira a sábado, das 10 às 22h; domingos e Feriados, das 10h00 às 18h00.

Museu da Imigração

Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Mooca

Funcionamento: de terça a sábado, das 9h00 às 17h00; domingo, das 10h00 às 17h00.

Com validade indeterminada, o passaporte garante uma entrada gratuita nos 19 museus do Governo do Estado, em qualquer dia da semana. Além da visita grátis, a pessoa ganha um carimbo na página correspondente, como num passaporte de verdade. Quem quiser pode personalizar o seu exemplar, escrevendo o nome e colando uma foto 3×4.

As fotos apresentadas podem ser tiradas nos seguintes museus:

Casa das Rosas

Casa Guilherme de Almeida

Catavento

Museu Afro Brasil

Museu de Arte Sacra

Museu da Casa Brasileira

Museu da Diversidade Sexual

Museu da Imigração

MIS-SP

Museu do Futebol

Paço das Artes

Pinacoteca

Estação Pinacoteca

Memorial da Resistência

 

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *