Alimentação adequada pode elevar a chance de engravidar em até 40%

“Ao contrário, uma dieta inadequada contribui para o aumento da infertilidade. Portanto, casais que pretendem engravidar é necessário consumir alguns alimentos específicos e evitar outros”, explica o obstetra e especialista em reprodução humana Doutor Rodrigo da Rosa Filho.

A dieta deve incluir frutas frescas, vegetais, peixes, carnes magras, nozes, castanhas, azeite de oliva extravirgem, ovos e, preferencialmente, alimentos orgânicos. 

“Recomenda-se evitar carne vermelha, carboidratos simples como doces e farináceos, café, refrigerantes, chá preto ou mate e derivados do leite, além do álcool e alimentos processados e industrializados.”

“Ao contrário, uma dieta inadequada contribui para o aumento da infertilidade. Portanto, casais que pretendem engravidar é necessário consumir alguns alimentos específicos e evitar outros”, explica o obstetra e especialista em reprodução humana Doutor Rodrigo da Rosa Filho.  A dieta deve incluir frutas frescas, vegetais, peixes, carnes magras, nozes, castanhas, azeite de oliva extravirgem, ovos e, preferencialmente, alimentos orgânicos.

Para as mulheres a ingestão de alimentos ricos em vitamina B6 como banana, oleaginosas e abacate diminuem os efeitos da endometriose, aumentam a implantação do embrião e diminui a chance de aborto em até 30%. 

Para os homens, o consumo de alimentos com selênio, zinco, vitamina C e E aumentam a motilidade dos espermatozoides. Peixes contêm esses elementos e as vitaminas são encontradas nas frutas cítricas e oleaginosas, respectivamente.

“Mulheres com síndrome de ovário policístico, devem optar por carboidratos complexos como arroz integral e fontes de gorduras boas, como óleo de coco.”

😘 @samegui (mãe de Enzo #aos16, do Giorgio #aos13 e Manu #aos3) #maecomfilhos  

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *