4 dicas para avaliar a saúde do seu pet

Quando eles estão muito abatidos ou com coceira constante, por exemplo, logo nos preocupamos pois algo pode estar errado. Mas vale dizer que outros sinais, menos evidentes, podem também indicar que algo não vai bem.

Algumas das doenças são causadas por parasitas (doença do carrapato, verme do coração e leishmaniose, por exemplo) e, infelizmente, algumas delas podem ser fatais. O meu Sheik faleceu aos 12 anos pois o organismo dele não conseguiu mais lidar com  uma infecção instalada após uma contaminação por carrapato. E para nós foi um susto, ele estava bem, viajamos e ele passou o final de semana com meu irmão, no retorno ele já tinha piorado muito. Só depois soube que em casos como estes, o maior problema é que nem sempre os sintomas são tão evidentes.

Julia @papodepqnas e nosso Sheik em 2013
Julia @papodepqnas e nosso Sheik em 2013

Claro que a ida ao veterinário é indispensável, ao menor incômodo e alteração de comportamento que surgir. Mas como comentei, no nosso caso não houve nenhuma alteração no comportamento.  Por isso achei bem relevante essas dicas que recebi da CevaBrasil, que vão nos ajudar a garantir o bem estar de nossos pets:

  • Alimentação. Se seu melhor amigo anda sem apetite e sem ingerir água, algo pode estar errado.  Para nutrir o organismo, é imprescindível uma boa alimentação e a  ingestão de água para hidratação.
  • Toalete. Entre todas as coisas que nosso pet faz as fezes não são do tipo que prestamos muita atenção. A gente limpa logo e pronto. A partir de agora, isso deve mudar!  Isso porque podem ser aliada importante da saúde do pet. Se houver alguma modificação no aspecto, cor, cheiro, é bem provável que seu cão ou gato esteja doente.
  • Espelho, espelho meu. Existe alguém mais peludo que eu? Sim! Os pelos estão totalmente relacionados à saúde do animal, mais do que podemos imaginar. Eles  precisam estar bonitos, não só para impressionar na hora do passeio. Pelos com falhas, secos e opacos indicam que o pet pode estar com algum problema. Fique de olho!
  • Só o osso. Animais acima do peso não são saudáveis, mas perder muito peso também não é nada bom. Se ele estiver emagrecendo, mesmo se alimentando  regularmente, além da chance de outras doenças associadas a essa questão, pode ser que algum parasita esteja dando as caras por aí.

 

The following two tabs change content below.

Aline Kelly

Administradora, mãe de três, facilitadora em processos de interação e gestão de conhecimento em projetos de formação cidadã, direitos básicos e empreendedorismo. Em seu blog escreve sobre participação social, práticas sustentáveis e outros pensamentos aleatórios.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *