Viajar com filhos pode ser mais fácil com AirBnb

Pode ser um feriado prolongado ou a aguardada etapa de férias daquele ano puxado em que você sonha ficar com as pernas para o ar… Finalmente alguns dias fora da rotina de casa/escola e trabalho vão te dar aquela injeção de ânimo e então você passa pela etapa de reserva dos hotéis ou locação de imóveis. E esta segunda opção, embora seja algo novo no cenário turístico brasileiro, vem crescendo a olhos vistos em todo o país, especialmente nas capitais turísticas. Recentemente, todos os telejornais exibiam matérias sobre a locação de apartamentos no Rio de Janeiro Olímpico para a temporada Rio 2016. De pequenos a grandes imóveis, com preços reais a estratosféricos valores e diferentes decorações ou padrões de infraestrutura, cada proprietário que se dispôs a alugar sua moradia, anunciava o seu diferencial. Do boca a boca aos anúncios pela internet em sites especializados como o que dá nome a este post, o AirBnb, cada anunciante oferece em fotos e descrições detalhadas (padronizadas) as suas melhores ofertas. E posso dizer que funciona.

Saindo do cenário surreal de valores negociados para o Rio Olímpico e voltando ao padrão de realidade do mercado brasileiro, as opções de imóveis e custos atende todas as faixas e é possível alugar um imóvel do seu gosto pelo preço que você pode pagar. Aí a pessoa se questiona sobre a folga, o descanso merecido… E eu engrosso o caldo de quem não quer se ocupar com compras e limpeza (o básico, diário) durante as férias. Ficar num hotel com banheiro e quarto limpo diariamente, cama feita, lençóis e toalhas trocados, refeições prontas a disposição no buffet, tudo isso é muito confortável é fácil. Mas, por outro viés, também defendo a liberdade e o sossego de você tomar seu café da manhã de pijama, deixar os brinquedos dos filhos a vontade, ficar de bobeira no café enquanto eles já se refrescam no banho ou embalam num desenho na sala (ou quarto), reconhecendo no ambiente uma rotina de casa que as vezes é muito importante para que as crianças se sintam seguras.

Com certeza, vocês que nos acompanham, viajando com filhos já passaram pelo apuro de ver nos olhos dos filhos aquela ansiedade sobre o local onde estão ou os pedidos para voltarem pra casa. É mais comum do que vocês imaginam e muito normal. Eu, por exemplo, sei que meus filhos preferem hotéis com padronagem clara, sem móveis escuros ou coloniais. Em Gramado, no Rio Grande do Sul, por exemplo, já precisei trocar de hotel porque eles não se sentiam a vontade com a decoração rebuscada, móveis pesados e teto de madeira, embora tivessem amado a área externa do hotel. Minha sorte, na ocasião, é que era baixa temporada e não tínhamos reserva. Pagamos uma diária e fomos para outro. E vocês sabem, se a criança não fica a vontade e confortável não há sossego para os pais e assim compromete-se muito do passeio e da diversão como um todo.

Os exemplos que estou citando não se aplicam a todas as famílias e todas as crianças, mas se você se reconhece no quesito locação de imóveis para ficar mais tranquilo e confortável, lembre que ainda pode comer fora (nos melhores restaurantes e petiscos) da região onde alugou ou passar no mercado e fazer suas refeições em casa, o que muitas vezes sai bem mais barato também.

Muito comum fora do Brasil, nesse sistema de locação de apartamentos, posso dizer que já tive excelentes experiências na França (Paris e Chamonix) e no Chile (Santiago e Chillan). E recentemente também, a mana Sam Shiraishi, viajando com seus três filhos (sendo Manu bebê ainda) tem ótimos testemunhos sobre a locação no Uruguai (Montevidéu), Argentina (Buenos Aires) e Estados Unidos (Orlando).

Ou seja, tanto eu quanto ela recomendamos, pois nossos filhos aproveitam bem a estadia e a viagem como um todo. Inclusive a Sam aluga um apartamento de uma blogueira amiga nossa, em Niterói, sempre que vai me visitar e fica com vista para o mar e todo o conforto. E eu, nestas viagem de férias no Ceará, em 14 dias de férias, passei quatro deles num apartamento cujas fotos ilustram esse post. De Fortaleza, na praia de Iracema, na beira mar. Se o custo valeu a pena? Com certeza, pois saiu mais em conta que o hotel, vaga na garagem, infraestrutura do condomínio, segurança 24h, com eletrodomésticos para todas as necessidades (incluindo máquina de lavar, fundamental) e espaço.

image

Área interna do prédio, com piscinas, sauna, jacuzzi, brinquedos/parquinho baby, academia e quadra de squash disponíveis para uso comum de moradores e inquilinos temporários.

image

image

image

Enfim. Deixo aberto o espaço para a troca de ideias sobre as facilidades de viajar com crianças a cidades que oferecem essa opção de locação de imóveis com bons preços e infra.

Depois volto para falar das nossas dicas aqui pelo Ceará!

The following two tabs change content below.
Paranaense de coração, vivendo há 10 anos na conexão Rio/Niterói. Sou Relações Públicas, especialista em gestão de pessoas. Abraço a maternidade em tempo integral na minha jornada como mãe do @guri_feliz #aos9 e do @guri_valente #aos4. Fotógrafa nas horas livres e paparazzi dos filhos, também amo cinema, sou muito fã da cultura pop, quadrinhos e seriados de TV. Com Caio e Vicente inventamos muito #lazercomfilhos e artes de um modo geral! E se sobra tempo, a gente se joga nas viagens...

Latest posts by Tiffany Stica (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *