Diário e Book fotográfico registram a gestação do coração

Um dos compromissos que a gente tem aqui no Mãe com filhos é conspirar pelo bem. Por isso, histórias inspiradoras fazem parte do dia a dia das nossas redes sociais e são uma das categorias principais do blog.

Essa história que trago hoje é desse tipo e me fez chorar pelo amor que traz!

Diário e Book fotográfico registram a gestação do coração

Um casal de Sombrio, cidade de Santa Catarina, mudou completamente meus parâmetros sobre a espera de um filho.  

Parte dos preparativos parecem os da maioria de nós: o enxoval está pronto e o diário do bebê já registra memórias de pelo menos quatro anos.

Quatro anos é o tempo dessa gestação do coração. 

Aptos para adotar desde o final de 2013, Lizandro Pereira Raupp, 38 anos, e Leciane Sant Helena, 37, descobriram recentemente que estão em primeiro na fila para um menino, e em segundo para uma menina. Para celebrar, eles fizeram um book de adoção, e receberam centenas de mensagens de apoio.

Diário e Book fotográfico registram a gestação do coração
Com roupas de diferentes tamanhos e cores, tanto para menino ou menina, eles esperam com amor a chegada do novo membro da família.
❤️

Li que a ideia do book é da futura mamãe, que queria marcar os anos de espera pela criança. Desde o primeiro dia em que o casal concordou em encaminhar os papéis, em 2011, Leciane registra em um livro do bebê o que acontece, as alegrias, as frustrações, a espera pelo filho e, principalmente, o quanto ele é amado e desejado.

“Tenho um diário do bebê. Desde o começo, vou contando tudo que tenho feito, o tão esperado que ele é, não é do meu sangue, não tem os meus olhos, mas está dentro do meu coração, tem um amor imenso aqui guardado.”

❤️

Diário e Book fotográfico registram a gestação do coração
Segundo soube, eles tentaram conceber de maneira natural por alguns anos, passou por tratamentos de menor complexidade, mas a gravidez não aconteceu. Daí a ideia da adoção surgiu e uniu ainda mais o casal.

E as fotos? 

“Eu sempre tive um sonho de fazer [as fotos] mostrando a barriga. Como não tem barriga, tem coração.”

Não bastasse esse afeto, o cuidado dela, pensando no futuro, me tocou profundamente. 

“Quando a criança estiver comigo, vai saber de onde veio. Aqui está o diário, quero mostrar que a mamãe sempre o esperou. Aqui conta toda história, uma história de amor, e meu filho vai ter uma foto da mãe grávida para levar à escola quando a professora pedir.”

Que Deus abençoe grandemente, né?

🙌🏼🙏🏼 

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *