Bolo de tapioca com damasco, amêndoas laminadas e cobertura de limão siciliano

No geral, admito, quando misturam coisas regionais (tipo bolo de tapioca) com coisas “gourmetizadas”, eu acho tudo frescura. Gosto de comida simples, mas fui criada por uma mãe elegante e que gosta de ingredientes sofisticados. Por isso eu ADORO damasco desde que comecei a comer, antes de 1 ano de idade, e uso muito amêndoas laminadas no meu cotidiano. Junte a isso a cobertura de limão e vi nesta receita da Casa Maní um bolo que facilmente viraria meu favorito!

Um outro motivo me fez trazer a receita para cá: recebo às vezes como hóspede minha amiga de infância Viviane, que se descobriu celíaca depois de grandes problemas de saúde e que está colaborando no Conversas de Cozinha com dicas de receitas sem gluten. E essa é deliciosa, serve para visitas e agrada a família até num dia especial.

🙂

Ingredientes:

2 ½ xícaras de tapioca

2 xícaras de açúcar

4 ovos

½ xícara de côco ralado

1 ½  xícara de leite

1 xícara de damascos picados

150 gramas de manteiga em temperatura ambiente

1 xícara de açúcar de confeiteiro

Suco e raspas de 1 limão siciliano

 

Modo de preparo:

Misture a massa de tapioca com metade do leite e deixe que hidrate por cerca de uma hora;

Bata os ovos, o açúcar, a manteiga e o coco;

Encorpore então muito bem a massa da tapioca;

Misture os damascos picados e as amêndoas;

Em uma forma untada, despeje a massa da tapioca e leve para assar em forno pré-aquecido (180C) por cerca de 60 minutos (deve ficar sequinho e dourado);

Enquanto o bolo assa, raspe o limão e reseve suas raspas;

Corte-o ao meio e misture o sumo do limão, aos poucos, no açúcar de confeiteito até que fique com a consistência de um glace;

Regue o bolo depois de morno e salpique as raspas do limão.

 

Gostou? No site da Casa Mani tem mais receitas legais, como esta pizzaoca que posto abaixo.

 

24-Pizzaoca

Em sua terceira geração, a Casa Maní atua há 40 anos no processo de industrialização da mandioca para produção de amidos e derivados de alta qualidade. Com sede em Tarabai, cidade que fica a 588 Km de São Paulo, a fábrica possui capacidade para produzir 1,5 mil toneladas de fécula de mandioca por mês. Em 2015, a empresa investiu no processo de produção e comercialização de massas prontas para tapioca e levou ao mercado a linha Tapiocando a Vida.

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *