5 dicas para que as crianças joguem Pokémon Go em segurança

Esse é o assunto da semana, bateu até as olimpíadas, o recomeço das aulas e as férias cariocas: Pokémon Go!

O jogo foi lançado no Brasil após muita espera de seus fãs, pessoas de todas as idades que estavam ansiosas para capturar seus próprios “monstrinhos de bolso”. O jogo utiliza a realidade aumentada e a localização geográfica (GPS) para transportar a pessoa para o universo do desenho, usando o mundo real. O objetivo do jogador é caminhar para encontrar os Pokémons e outros itens. Apesar de muito divertido, o jogo oferece perigos virtuais e reais, principalmente para as crianças.

Veja abaixo 5 dicas que o engenheiro de segurança da Norton, Nelson Barbosa, listou para os pais orientarem seus filhos:

  • Cuidado com estranhos.O jogo envolve interação com outros jogadores na vida real, em áreas chamadas de ginásios e Pokéstops. Neste locais ocorrem as batalhas entre Pokémons e a compra dos itens, respectivamente. Os criminosos podem se aproveitar disso para roubar as vítimas. Por isto, caso não possa supervisionar a criança, sempre a oriente a sair em grupos de amigos.
  • Use rastreamento de localização. Caso o seu filhoestiver jogando sozinho e fora de casa, utilize um aplicativo para monitorar a sua localização. O Norton Family Premier (disponível para iOS e Android) acompanha seu filho em tempo real com coordenadas de seu GPS em um mapa.
  • Estabeleça limites. Para capturar os Pokémons, é necessário caminhar pelas ruas. Estabelecer limites para que as crianças não explorem locais muito afastados sozinhas.
  • Fique atento à “Lure” de estranhos. O “Lure” é um item que serve para atrair Pokémons a Pokéstops. Quando um jogador utiliza o item, todos os usuários próximos conseguem ver e se aproveitar deste recurso. É possível que criminosos o usem para atrair vítimas a um local. Oriente as crianças sobre este perigo e defina um local seguro (ex.: um shopping próximo) para que elas possam brincar tranquilamente.
  • Controle as compras dentro do aplicativo. Assim como muitos outros jogos, o Pokémon Go oferece compras dentro do aplicativo e os pais precisam supervisionar esta opção de perto por meio de um controle parental no dispositivo. No caso do iOS, a Apple possui um recurso chamado “Pedir para Comprar”,que irá alertar sempre que alguém da família tentar comprar ou baixar algo e lhe pedirá permissão. Já para dispositivos Android, o Google Play Store possui uma opção de autenticação para compras dentro de aplicativos. Mantenha sempre estas opções ativadas.

 

The following two tabs change content below.

Sam Shiraishi

Cristã, jornalista, mãe de Enzo, Giorgio e Manuela, casada com Guilherme. Paranaense que caiu de amores pela Mooca em 2005. Quarentona assumida, me sinto uma representante legítima da minha geração e, por que não, um modelo para as mais jovens que desejam envelhecer sem deixar de lado os pequenos prazeres da vida, da comida, da diversão, dos cuidados com a saúde e a beleza, das relações pessoais que fazem tudo valer a pena.

Latest posts by Sam Shiraishi (see all)

Comments

comments

2 Replies to “5 dicas para que as crianças joguem Pokémon Go em segurança”

  1. Pokémon Go – Dicas e Truques é uma revista digital. Nesta edição o game é abordado desde assuntos iniciantes até a assuntos mais avançados. Muriel Machado, especialista no game e idealizador da revista, conta sem esconder detalhes suas melhores dicas, macetes e estratégicas para poder avançar mais rápido no jogo, de maneira honesta, sem trapaças ou hacks. Um conteúdo muito rico, com uma diagramação muito bonita, de fácil leitura e compreensão. Se você ainda não entrou neste mundo de Pokémon Go ou se você já joga mas quer ser um melhor treinador, então esta revista é para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *