Entre férias e malabarismos!

As férias começaram e
isso significa, também, o começo dos malabarismos para os pais que não têm férias
no mesmo período.
Por aqui são duas preocupações
básicas: como dar conta de trabalhar e ainda dedicar algum tempo para que ele
possa curtir seus dias férias, sem ficar o tempo todo dentro de casa?
Para dar conta de trabalhar, a
combinação de ajuda da avó com curso de férias é a minha solução. O Gustavo
passa as duas primeiras semanas de julho em curso de férias, com várias
atividades divertidas, passeios, sem uso de uniforme e ele curte bastante – só
meu bolso que não muito – mas é a maneira que tenho de conciliar o trabalho
normalmente.
Para as duas últimas semanas de
julho, a avó vem ficar com ele dois dias na semana – que são os dias em que,
obrigatoriamente, preciso estar no escritório e, os demais, trabalho homeoffice com filho do lado. Com quase
6 anos, meu menino já entende bem a rotina da mamãe e me deixa trabalhar
tranquila enquanto inventa brincadeiras sozinho.
Claro que interfere, pois temos
que parar para dar café da manhã, almoço, jantar, responder aos “olha isso,
mãe!” – mas não tem preço a possibilidade do homeoffice para me deixar tranquila com ele neste período.
E aí esbarramos na questão dois:
como arrumar tempo e conciliar para que a curtição dele de férias não seja
apenas ficar em casa, brincando sozinho? Minha flexibilidade no trabalho ajuda
(e como sou grata a isso!). Muitas vezes resolvo coisas do trabalho durante a
noite, para poder ter uma tarde livre e passear com o Gu. Procuro marcar
cinema, zoológico, piquenique ou qualquer outra atividade com a turma de amigos
em alguma tarde dos dias “úteis”, pelo menos uma vez por semana. Também está
nos planos trazer o primo favorito para dormir aqui em um final de semana, pois
ele ama a companhia e isso basta para ter diversão garantida.
Este ano em especial, acho que
estou com mais expectativas pelas atividades de férias que ele. Estou grávida e
minha bebê prevista para nascer em agosto, portanto julho será o último mês de
“exclusividade de filho único” e a mamãe aqui está toda sentimental, querendo
aproveitar o máximo estes momentos juntinhos.
Para quem não vai viajar, como
nós, pode aproveitar as dicas deste post do Blog Mãe Tipo Eu com restaurantes
próximos a São Paulo com cara de viagem. Dá para curtir em um sábado ou
domingo, as crianças – e os pais – vão amar!
Outra sugestão bacana é ser
turista na própria cidade. Quando viajamos, normalmente fazemos os passeios
turísticos tradicionais do destino escolhido – a ideia é selecionar pontos
famosos e ir tirar muitas fotos com olhares de “gente de fora”. São Paulo tem
várias atrações gratuitas e as férias de julho são uma excelente oportunidade
para visitar os que ainda não conhece, ou voltar em seus cantos favoritos.
Tire muitas fotos, caminhe, ressalte as questões históricas, faça passeios
tradicionais e a rotina diferente já marcará as crianças e dará um gostinho bem
especial nestes dias!
Neste especial da Vejinha, feito em
comemoração aos 460 anos de São Paulo, há uma lista enorme para você selecionar
os que mais te agradam e se programar.
Como “lição de férias”, a escola
do meu filho pediu para que as crianças desenhassem e separassem coisas
(ingressos, folhas que encontrarem pelo caminho, fotos etc) das atividades que
fizerem nas férias, para compartilhar com os amigos na volta. Mas o bacana é
que estão incentivando bastante a curtir o “ficar em casa”, pois estes momentos
são valorosos!
Se pintar uma viagem, curta muito. Mas não se
esqueça de reservar um tempo para fazer as coisas simples e aproveitar sua
casa. Comer pipoca, assistir TV, rever amigos, curtir a família, cozinhar com
os pais, descansar. O importante é se recarregar com muita alegria a cada
momento
.
Desejo ótimas férias com muita
alegria, pelo simples fato de estarem juntos, para você e sua família!
Um beijo

Vivi Koyama
Mãe do Gu #aos5 e da Mel, que está quase completando #8meses na barriga!

The following two tabs change content below.

maecomfilhos

Latest posts by maecomfilhos (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *