3 sugestões de livros para celebrar os avós

Neste dia 26 de julho, habitualmente, comemoramos o dia dos avós, dele ou dela, ninguém sabe direito. A data comercial estimula uma homenagem justa e merecida que, em verdade, devemos fazer com frequência. Nem precisaria haver um dia específico para homenagear mães, pais e avós, vocês não acham?
A eles que nos deram vida e marcam nossas raízes como indivíduos, que são pais e mães numa segunda jornada já tendo criado seus filhos e construído suas histórias, tudo que podemos contar mistura-se à nós. Os avós fazem parte de quem somos, por isso enredos, piadas, fotografias e memórias diversas fazem parte de uma imensa lista da qual poderíamos falar por horas e horas… Sem cansar.
Mas a proposta aqui é sugerir alguns títulos literários que vão bem como presentes e como parte da biblioteca de toda criança.
Olhem lá!
📖 Meu Avô Japonês - Imigrantes do Brasil Por que será que a gente indica esse livro?! Japinhas sanseis... Os imigrantes que chegaram ao Brasil trouxeram na mala não apenas roupas e saudades da terra natal, mas também muito da cultura de seu país. Ao se estabelecerem aqui, nos ensinaram seus costumes e hábitos e nos fizeram compreender e respeitar suas belas tradições. A coleção Imigrantes do Brasil (que inclui meu avô espanhol, grego, italiano e português) aborda as origens e a cultura dos povos que ajudaram a construir a nossa própria história. Em Meu Avô Japonês, Isabel aprende com seu avô como foi a adaptação dos imigrantes japoneses em terras brasileiras, os rituais e celebrações típicos do Japão e descobre que, mesmo tendo nascido aqui, ela também faz parte da história de seu povo e pode ajudar a preservar a cultura japonesa. Lindo de viver! Editora Panda Books, 2009 Autora: Juliana de Faria
📖 Meu Avô Japonês – Imigrantes do Brasil

Por que será que a gente indica esse livro?! Japinhas sanseis…

Os imigrantes que chegaram ao Brasil trouxeram na mala não apenas roupas e saudades da terra natal, mas também muito da cultura de seu país. Ao se estabelecerem aqui, nos ensinaram seus costumes e hábitos e nos fizeram compreender e respeitar suas belas tradições.
A coleção Imigrantes do Brasil (que inclui meu avô espanhol, grego, italiano e português) aborda as origens e a cultura dos povos que ajudaram a construir a nossa própria história.
Em Meu Avô Japonês, Isabel aprende com seu avô como foi a adaptação dos imigrantes japoneses em terras brasileiras, os rituais e celebrações típicos do Japão e descobre que, mesmo tendo nascido aqui, ela também faz parte da história de seu povo e pode ajudar a preservar a cultura japonesa.
Lindo de viver!
Editora Panda Books, 2009
Autora: Juliana de Faria
📖 Maluquinho de Família Maluquinho no título já sinaliza muita coisa, hein?! Tudo começa com um trabalho escolar. A professora pede uma pesquisa sobre a família real do Brasil e a turma se diverte revelando suas origens: Julieta garante descender de uma linhagem de artistas, enquanto Junim lembra que seus ancestrais eram do circo. Mas o Menino Maluquinho, personagem criado por Ziraldo, não sabe nada sobre sua árvore genealógica. A partir desse instigante ponto de partida, o autor desenvolve uma aventura baseada no álbum de fotos antigas que o avô do Maluquinho guarda com carinho. Nesta divertida história em quadrinhos as lembranças narradas pelo avô e pelos pais do menino promovem o encontro afetivo dele com o passado. Da infância do bisavô até os tempos recentes, o garoto ouve com atenção e se diverte com a sucessão de memórias familiares, e conclui que a maluquice está em seu DNA. Autor: Ziraldo Editora Globo, 2013.
📖 Maluquinho de Família
Maluquinho no título já sinaliza muita coisa, hein?! Tudo começa com um trabalho escolar. A professora pede uma pesquisa sobre a família real do Brasil e a turma se diverte revelando suas origens: Julieta garante descender de uma linhagem de artistas, enquanto Junim lembra que seus ancestrais eram do circo. Mas o Menino Maluquinho, personagem criado por Ziraldo, não sabe nada sobre sua árvore genealógica. A partir desse instigante ponto de partida, o autor desenvolve uma aventura baseada no álbum de fotos antigas que o avô do Maluquinho guarda com carinho.
Nesta divertida história em quadrinhos as lembranças narradas pelo avô e pelos pais do menino promovem o encontro afetivo dele com o passado. Da infância do bisavô até os tempos recentes, o garoto ouve com atenção e se diverte com a sucessão de memórias familiares, e conclui que a maluquice está em seu DNA.
Autor: Ziraldo
Editora Globo, 2013.
Avós e Netos - uma forma especial de amar. Afinal, tanta coisa mudou! Os remédios não são mais os mesmos, não se usam mais cueiros e faixas, as vacinas são novas e até a orientação alimentar das crianças é outra. E agora? Como se preparar para ser avó ou avô? Qual é o papel dos avós no parto? Se o que eu fiz deu tão certo, por que mudar? O nenê pode tomar apenas leite materno nos 6 primeiros meses? Ele não vai ficar mal-acostumado se ficar muito tempo no colo? Quais os grandes erros que cometemos (mas que não deveríamos)!? Essas e outras dúvidas frequentes no relacionamento dos avós-pais-netos são respondidas com base na grande experiência do autor Fabio Ancona Lopez, avô-pediatra. O livro apresenta em linguagem direta com bom humor, um texto leve e informativo, atualizado com as mudanças decorrentes da evolução da medicina nos últimos anos. A formação da nova família, o nascimento, o crescimento, o desenvolvimento e a alimentação nos primeiros anos de vida da criança são os grandes temas abordados pelo autor, que buscou ao longo da obra apontar as possíveis contribuições dos avós e as diferenças entre os cuidados praticados no passado e os aplicados e recomendados atualmente. Editora Manole, 2013. Autor: Fabio Ancona Lopez Espero que os títulos sejam interessantes pra vocês. E fica aqui o meu parabéns pelo dia de hoje! Viva os avós! (Por @TiffanyStica mãe de Caio #aos8 e Vicente #aos3 na conexão Rio/Niteroi)
Avós e Netos – uma forma especial de amar.
Afinal, tanta coisa mudou! Os remédios não são mais os mesmos, não se usam mais cueiros e faixas, as vacinas são novas e até a orientação alimentar das crianças é outra. E agora? Como se preparar para ser avó ou avô? Qual é o papel dos avós no parto? Se o que eu fiz deu tão certo, por que mudar? O nenê pode tomar apenas leite materno nos 6 primeiros meses? Ele não vai ficar mal-acostumado se ficar muito tempo no colo? Quais os grandes erros que cometemos (mas que não deveríamos)!?
Essas e outras dúvidas frequentes no relacionamento dos avós-pais-netos são respondidas com base na grande experiência do autor Fabio Ancona Lopez, avô-pediatra. O livro apresenta em linguagem direta com bom humor, um texto leve e informativo, atualizado com as mudanças decorrentes da evolução da medicina nos últimos anos. A formação da nova família, o nascimento, o crescimento, o desenvolvimento e a alimentação nos primeiros anos de vida da criança são os grandes temas abordados pelo autor, que buscou ao longo da obra apontar as possíveis contribuições dos avós e as diferenças entre os cuidados praticados no passado e os aplicados e recomendados atualmente.
Editora Manole, 2013.
Autor: Fabio Ancona Lopez
Espero que os títulos sejam interessantes pra vocês. E fica aqui o meu parabéns pelo dia de hoje! Viva os avós!
(Por @TiffanyStica mãe de Caio #aos8 e Vicente #aos3 na conexão Rio/Niteroi)
The following two tabs change content below.
Paranaense de coração, vivendo há 10 anos na conexão Rio/Niterói. Sou Relações Públicas, especialista em gestão de pessoas. Abraço a maternidade em tempo integral na minha jornada como mãe do @guri_feliz #aos9 e do @guri_valente #aos4. Fotógrafa nas horas livres e paparazzi dos filhos, também amo cinema, sou muito fã da cultura pop, quadrinhos e seriados de TV. Com Caio e Vicente inventamos muito #lazercomfilhos e artes de um modo geral! E se sobra tempo, a gente se joga nas viagens...

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *