Brincar pode ser simples e muito divertido – Semana Mundial do Brincar

Eu sempre acreditei na importância da brincadeira. Acredito na brincadeira como aprendizado, na brincadeira para reforçar relacionamento com filhos, na brincadeira entre crianças como oportunidade de desenvolver Inteligência emocional, mas também acredito na simples brincadeira. No brincar livre e como este traz alegria para nossa vida.

Estamos na Semana Mundial do Brincar. O tema deste ano é O Brincar que Encanta o Lugar. Concordo e acrescento, o brincar encanta nossas vidas.

Brincar livremente é simples, basta dispor de tempo e, para nós adultos, se libertar um pouco.
Aqui, durante um tempo, a ida para natação era estressante, apressada. Decidi mudar isto. Me organizei para sairmos mais cedo, com mais calma. Passou a ser um dos momentos mais legais do dia. Nos quatro quarteirões que percorríamos juntos, surgiram algumas brincadeiras. Vou descrever aqui para mostrar como para brincar não precisamos de nada além de tempo e vontade.

– Andar com os pés juntos. Bem comum eu e filho caminharmos fingindo que estamos com os pés amarrados um no outro. Vamos acelerando, erramos e gargalhamos o caminho todo. Simples e divertido.

– Galhos de plantas caídos no caminho viravam espadas, material para desenhar na areia, aviões, varinhas mágicas. Varinha mágica me transformava em galinha, macaco, elefante…íamos caminhando na rua fazendo “mágica” e transformações.

– Corrida do Bom Dia
Esta brincadeira surgiu num dia que estávamos com o horário apertado. Num momento iluminado criei a brincadeira que depois ganhou este nome.

Um dia filhão não queria nem caminhar, estava com preguiça e eu não queria tornar aquilo um momento estressante. Uma senhora caminhava em nossa direção e eu o desafiei a dar bom dia a ela antes de mim. Virou corrida né! Ele correu e deu bom dia, ela retribuiu com um super sorriso. Mais a frente um senhor com bicicleta prado, conversando. Desafiei a correr e dar bom dia primeiro para bicicleta. Ele correu e deu bom dia para o senhor. Eu dei para ele e para bicicleta e fiz piada que eu tinha ganho, por ser para bicicleta. Assim surgiu nossa brincadeira.

Além de deixar a mãe em forma (porque passei a ir correndo para natação), via transformar muitos rostos cabisbaixos em sorrisos iluminados. Quem não gosta de um bom dia alegre vindo de uma criança? Neste caso o brincar realmente encantou o lugar.

Para brincar basta querer. Bora brincar?

The following two tabs change content below.

maecomfilhos

Latest posts by maecomfilhos (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *