Dicas para o corpo e para a cama neste World Sleep Day (18/03)

Nesta sexta se “comemora” o World Sleep Day (18/03), uma iniciativa da Associação Mundial de Medicina do Sono (World Association of Sleep Medicine – WASM) que objetiva melhorar a qualidade do sono.

O que parece uma bobagem pode não ser.
Primeiro por uma questão de saúde pública mesmo: 

De acordo com o pneumologista do Hospital Santa Paula, João Geraldo Simões Houly, os distúrbios do sono acometem toda a população e são muitas vezes negligenciados ou desconhecidos, apesar de serem cada vez mais frequentes.

Já pensou que além de você, a professora do seu filho, a enfermeira do hospital, o motorista à sua frente, muita gente que está ligada indiretamente à sua segurança e bem estar podem estar com privação de sono?
Você já parou para pensar no quanto uma noite de sono pode influenciar no seu dia? Uma noite mal dormida apresenta grande impacto na qualidade de vida e na saúde das pessoas e está associada a distúrbios do humor, dificuldades de concentração e memorização, entre problemas de saúde. 

Com essa chamada eu me interessei pelo release que recebi da Fofo com dicas para um sono melhor. 

E vejam que as dicas do Hospital Santa Paula e a Unilever, dona da marca Fofo, são meio estarrecedoras porque, vejam só, pareceu importante contar que a gente precisa trocar os lençóis “a cada 15 dias”!!!!

(Morri! Aqui no verão a gente lava pelo menos 2 vezes por semana!) 

Mas enfim, as dicas são legais e eu faço tudo, então compartilho:

Passo 1: prepare o corpo




– Use roupas confortáveis para dormir, com tecidos mais leves e frescos

– Tenha uma dieta balanceada e não coma alimentos de difícil digestão à noite

– Vaporizador e bacia com água nos ambientes são medidas paliativas que, apesar de não terem nenhuma comprovação científica, podem oferecer uma sensação de conforto durante o sono

– Procure dormir entre 7 e 8 horas diariamente. Essa é a média de tempo para um sono reparador

– Evite dormir com abajur e TV ligados. Ambiente com luminosidade inadequada e barulho oferecem estímulos que atrapalham o início do sono, sua qualidade e duração

– Café e estimulantes do sistema nervoso central devem ser evitados de 4 a 6 horas antes de dormir, pois a liberação de neurotransmissores estimulantes leva a um estado de alerta que atrasa a sonolência

Passo 2: prepare a cama

– Troque os lençóis da cama pelo menos uma vez a cada duas semanas. Desta forma, você elimina toda pele morta, cabelo e ácaros que podem atrapalhar seu sono

– Lave as peças de acordo com a cor e tipo de tecido. A mistura de cores pode manchar as roupas, o ideal é separar as brancas das coloridas. Já a mistura de tecido pode acabar estragando as fibras mais delicadas, como seda e linho

– Para ter uma cama macia e perfumada, lave os lençóis com amaciante

– Evite guardar as roupas úmidas, pois isso pode facilitar o aparecimento de mofo

– Para manter lençóis e fronhas ainda mais cheirosos e protegidos, guarde-os em saquinhos. Já para edredons, mantas, cobertores e colchas devem ser embalados a vácuo, o que permite um perfeito estado de conservação

P.S. Nunca reparei antes no Fofo Concentrado que eles indicam no release, mas uma coisa sei: lençóis lavados com amaciante, além de ficarem muito mais macios e cheirosos, são imensamente mais faceis de passar (passar roupa é das coisas de casa que eu GOSTO de fazer, por isso entendo bem!) e também acrescento que um bom amaciante com anti-mofo faz milagres para cuidar os cobertores e edredons.

The following two tabs change content below.

maecomfilhos

Latest posts by maecomfilhos (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *