Vamos ajudar a empoderar as novas famílias? Apoie o projeto DE PEITO ABERTO

Falamos muito na necessidade de que as mulheres se unam harmoniosamente. Ao mesmo tempo, sabemos que este mundo novo, com um modelo de trabalho que apoie e acolha as mulheres-mães, urge e parece que se torna possível, aos poucos, com projetos colaborativos.

Bem, um desses projetos toca neste tema com um olhar para uma das áreas da maternidade que me é mais querida e especial: o aleitamento.

Estou falando do documentário colaborativo sobre amamentação, feito com muitas mãos para muitas mães, De peito aberto.

A idealizadora, Graziela Mantoanelli, me foi apresentada por uma amiga em comum e tem conversado comigo há algumas semanas e eu, como mãe (de 3) que trabalha e cuida de tudo ao mesmo tempo, acabei ficando sem tempo para falar sobre isso. Mas tenho acompanhado e fiz minha doação.

https://www.youtube.com/watch?v=PHdCPM2WGwo

A ideia é linda: um documentário que acompanhará cinco mulheres durante os seis primeiros meses de vida de seus filhos. Elas terão o desafio de alimentá-los exclusivamente de leite materno, como recomenda a Organização Mundial da Saúde. O objetivo é registrar, na prática, os obstáculos que as mães enfrentam para oferecer amamentação exclusiva – e como elas os superam.

Os benfeitores (quem doa para o financiamento coletivo) poderá ajudar a escolher as mães que serão personagens desse filme. A ideia deste financiamento é garantir a autonomia e a integridade do conteúdo, mas o filme só existirá se atingirem a meta de arrecadar R$ 67.500 em doações até o dia 13 de dezembro. Do contrário, os benfeitores receberão o dinheiro de volta e não haverá filme (leia mais abaixo sobre financiamento e prestação de contas).

Graziela, que é produtora cultural, conta que este filme será “uma obra poética sobre a relação entre mães e bebês. Mas também um documentário informativo que nos ajude a entender por que o tempo de aleitamento materno exclusivo é tão baixo no Brasil, de apenas 54 dias.”

Intimista e engajado, o documentário contará histórias de mães enfrentando obstáculos pessoais, sociais e familiares para conseguir oferecer exclusivamente amamentação nos 6 primeiros meses de vida da criança. É um filme dedicado à maternidade. 



A ideia é revelar aspectos culturais, socioeconômicos, de saúde e bem estar ligados ao tema, e também as ferramentas e informações disponíveis por cada uma para superar as dificuldades.

  • PERSONAGENS – Cinco mães com questões relacionadas à amamentação: solidão, sofrimento, culpa, responsabilidade – tudo isso atrelado aos sentimentos de amor supremo, vínculo incondicional e aconchego.
  • ESPECIALISTAS – Médicos pediatras, psiquiatras, psicólogos e nutricionistas serão consultados conforme as questões que surgirem no próprio filme.
  • TEMAS – Blocos temáticos aprofundarão questões como a da licença obrigatória de apenas quatro meses (quando a ONU recomenda ao menos seis), a do suporte à amamentação em horário de trabalho, a da vida produtiva da mulher e a da amamentação em locais públicos. 
Vamos ajudar a empoderar as novas famílias? Vem, gente!

Se você apoia a amamentação e quer DE VERDADE que esse documentário exista, escolha agora a sua recompensa e faça uma doação.

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Mais uma entrevista!De Peito Aberto no blog Eu, Tu, Elas.
Posted by De Peito Aberto on Segunda, 7 de dezembro de 2015

The following two tabs change content below.

maecomfilhos

Latest posts by maecomfilhos (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *