O que aprendi com as FÉRIAS do meu filho

Falta pouco: logo estaremos nos despedindo de 2015. E com isso nossas rotinas diárias parecem ficar completamente piradas não? 

Os filhos entram de férias! Por aqui, esse período sempre foi cercado de muita atenção ( e certa tensão!) 

Já compartilhei antes, que sou mãe solteira desde que o Gabriel, meu filho, tinha 2 aninhos. 
Me lembro de sentir um aperto e angústia imensa imaginando como seria as visitas do meu filho com o pai. Ainda tão pequenininho, eu que cuidava dele praticamente me tempo integral, não conseguia nem imaginar passar o tempo sem ele. 
Para organizar essas questões, recorremos a justiça. Que viabilizou regulamentação de visitas ao longo do ano e inclusive nas férias. 
No Acordo Judicial ( Petição ) ficou estabelecido que pernoites só aconteceriam quando o próprio Gabriel denota-se esse desejo. 

  • Dos 2 aos 5 anos, o Gabriel passava finais de semana alternados.

  • Dos 2 aos 4 as visitas eram nos finais de semana , em locais publicos (Shopping) na minha presença. Gabriel passava um tempo junto de nós dois. 

  • A partir dos 5, passou a fazer as visitas na casa dos avós paternos: eu levava por volta das 9h e buscava às 18h. 

  • A partir dos 6 , a primeira mudança que mexeu com meus sentidos: o Gabriel pede para passar o final de semana com o pai e os avós. Eu me recordo que senti um aperto imenso no coração. Não conseguia imaginar como seria, ficar uma noite sem ele na própria caminha , no quarto ao lado do meu! Foi uma fase onde precisei refletir muito! Contei com ajuda psicológica para lidar com o turbilhão de sensações que me rondavam e aprendi algo muito valioso: sempre que me sentia angustiada, me colocava no LUGAR DELE. 

E isso fez um sentido imenso nessa fase: aprendi a respeitar seu espaço. Sabe quando, tudo que você faz ou planeja visa “proteger, cuidar” pois então, esse era meu intuito. Era assim que eu pensava quando queria ter ele de volta após as visitas. Mas eu não enxergava algo muito importante: cada pessoa tem que ter o espaço e direito de viver suas vontades. A minha missão como mãe , que cuida , protege está mais associada a como me coloco diante as novas experiências de vida dele. Aprendi que  o mais importante é ele confiar em mim e saber que se precisar sempre poderá me chamar

Neste ano, vamos dar mais um passo nessa trilha: agora #aos8 chegou momento de PLANEJARMOS SUAS FÉRIAS , juntos! 
Para facilitar, recortei calendários dos meses de DEZEMBRO.2015 e JANEIRO.2016! 

Olhem só como ficou: 

Neste ano, o Gabriel recebeu convite dos avós paternos ( Obatchan e Oditchan são respectivamente Avó e Avós em japonês ) para passar o Ano Novo em Santa Catarina, junto de parte da família que mora por lá! É uma viagem longa, numa distância razoável. Conversamos bastante e no final ele escolheu ir viajar com os avós. O Gabriel, tem duas priminhas na região, sente saudades do tio e da tia e ficou muito feliz com a possibilidade de revê-los! 

Desta forma, ele passará Natal comigo junto da família materna! E as outras semana foram alternadas para que ele possa se divertir com mamãe e papai de maneira equilibrada! 

Ele ficou tão FELIZ com o resultado! Isso me encheu de orgulho e admiração! A sensação de participar dessas escolhas e ver como ele bate suas asas sem medo de ser feliz , me faz acreditar que estamos ( eu e o pai ) criando como sempre acreditamos: tornando um cidadão do mundo! Cheio de vontade de experimentar e realizar feitos! Porque sabe que existe morada: nós, sua família sempre vamos estar prontos para lhe abraçar e envolver com todo amor do universo! 

Resolvi contar essa nossa história, por que já me senti muito angustiada e confusa sobre esse tipo de decisão. Não é fácil criar filhos, e quando fazemos isso praticamente sozinhas é preciso refletir muito sobre os passos que tomamos, para não transferir para eles sensações e decisões que limitam seu espaço. 

Desejo do fundo do coração , que todos nós tenhamos excelentes férias! Seja como for! Sempre com coração leve sobre as escolhas e decisões que precisamos tomar junto dos nossos filhos! 

Muito amor, mamãe Tatti…. 

The following two tabs change content below.

maecomfilhos

Latest posts by maecomfilhos (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *