Sabia que brincar, é essencial para o desenvolvimento intelectual da criança?

Para comemorar a Semana Mundial do Brincar, a Nebacetin e o Instituto Brincante promoveram um encontro para falar sobre o tema “Sentir na pele faz crescer” e abraçar a causa “Brincar faz bem”.

Convidados da mesa redonda 

O bate-papo foi mediado pela presentadora Sarah Oliveira, e contou com a participação de Rosane Almeida, fundadora do Instituto Brincante, Dra Anelisa Lamberti, dermatologista e membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da American Academy os Dermatology e o Dr. Anthony Wong, professor e Diretor do Instituto da Criança do Hospital das Clínicas da FM-USP e Diretor do Instituto Brasileiro de Estudos Toxicológicos e Farmacológicos (CEATOX). Eu e a Aline Kelly +Aline Kelly estivemos lá conferindo, junto com nossas mocinhas, no melhor estilo #maecomfilhos.

Nivia Gonçalves, @AlineKelly e filhas

O bate papo girou em torno da importância do brincar como o primeiro índice pedagógico da criança. Com três meses, quando começa a enxergar, a criança já brinca e o ideal é permitir que ela possa se desenvolver da forma mais natural possível. Dra Anelisa sugeriu que não se “blinde” a criança com “roupinhas de astronauta”, uma vez que é importante que a criança tenha contato com o mundo, sempre sendo supervisionada. E em caso de ferimentos mais comuns, água corrente e sabão são suficientes para a assepsia e que nunca se deve retirar a casquinha que se forma em cima do machucado, pois se trata de um curativo natural.

Dr. Anthony falou sobre a criança de hoje, vista como gênio porque desde cedo opera com destreza aparelhos eletrônicos, quando na verdade esses recursos são automáticos e não deixam espaço para criatividade, ressaltando a importância do brincar desestruturado. Gênio mesmo é quem sabe criar. Permitir que a criança brinque livremente é que vai dar as ferramentas para que ela desenvolva sua criatividade. Falou inclusive da importância de se supervisionar a brincadeira, mas sem bloqueios por medo de que a criança se machuque, afinal, se ela não cair, não aprenderá a se levantar.

Leia também: Nada melhor do que não fazer nada, só pra deitar e rolar, com você  

Cultivar o momento do brincar sozinho e de fazer nada, coloca a criança em contato com ela mesma e desta forma ela vai se conhecer, saber de seus potenciais e limites, sugerindo que até as atividades dirigidas e estruturadas precisam ser dosadas. Dr. Anthony citou uma frase de Paracelso para exemplificar “só a dose faz o veneno”, ou seja, buscar o equilíbrio é essencial.

Quando uma criança resolver fazer um pipa ao invés de comprar, pode ser que não dará certo da primeira vez, mas esse exercício de tentativa e erro, é importante para o seu desenvolvimento. 

Ensinar a cuidar e a consertar traz o aprendizado de que a vida não é descartável. Quando a criança participa da construção do brinquedo, ela se vê naquilo que faz. O contrário contribui para que ela não se comprometa nas suas ações e o lúdico auxilia na resolução de problemas. Ou seja, quando a criança brinca, ela está se desenvolvendo e apreendendo o mundo ao seu redor, além de conhecer a si mesma.
Para encerrar, foi falado sobre como identificar se um ferimento é realmente grave: observar e avaliar, as mães conhecem seus filhos e vão saber identificar situações que pedem maior cuidado. E que em casos mais graves, buscar ajuda especializada, evitando tomar medidas sem orientação, o que pode ser mais prejudicial do que o próprio ferimento.

Foi uma manhã fantástica!  De muitos aprendizados que com certeza ainda renderão outras conversas aqui no #maecomfilhos.

Enquanto aprendíamos, elas brincavam e se divertiam muito 

E a brincadeira continuou mesmo na volta pra casa <3

Faça parte da nossa turma também!

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Vem pro #maecomfilhos www.maecomfilhos.blog.br www.facebook.com/groups/maecomfilhoswww.instagram.com/maecomfilhos
Posted by Mães (e pais) com filhos on Quinta, 7 de maio de 2015

The following two tabs change content below.

maecomfilhos

Latest posts by maecomfilhos (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *