Ídolo dos filhos, meta incansável das mães (por Betânia Sampaio, mãe de Carol, superfã do Luan Santana)

A música é pano de fundo para lembrarmos épocas de nossas vidas, os hits  de nossa infância, adolescência, um grande romance muitas vezes fica marcado com uma música especial, imagine  o Rei Leão sem o som, a Noviça Rebelde, Star Treck, ou até as séries: Sexy in the City, Guerra de Tronos, Big Bang… mas quando você tem um filho fã de um cantor vira a música que vc mais ouve no carro, em casa ou até no toque do seu celular…

Com essa marcação da música em nossas vidas, foi que a menina Carolina Sampaio Lazzari descobriu Luan Rafael Domingos Santana. Ela que estudava teclado acrescentou logo depois de ouvi-lo as cordas do violão nos seus estudos. E foi com pouco mais de doze anos que Carol numa madrugada de 2012, chegou para a mãe emocionada e disse: mamãe minha amiga encontrou agora  num restaurante Luan Santana, nessa hora a mãe teve uma idéia que marcaria a vida das duas. Se prontificou de trocar de roupa, pegar o carro e atravessar a capital paulista, as duas da manhã, para ver o artista matogrossense.

Carol, se emocionou tanto ao vê-lo pessoalmente  que só fez chorar… Fã desde o segundo álbum de seu ídolo, Carol sente pelo cantor uma paixão que começou com a música ¨Te Vivo¨, a música na verdade fala de uma paixão entre um casal, que provavelmente vive a distância, que poderia ser a morte como mostra o clipe oficial. Mas,  que pode literalmente traduzir o que sente uma fã  pelo seu ídolo:l” Pra te ter em meu mundo / Porque pra onde quer que eu vá / Você está em tudo … A gente não precisa tá colado, pra tá junto…”

O importante nessa madrugada no restaurante, foi que a mãe de Carol, a arquiteta Betânia Sampaio percebeu que aquele artista merecia respeito e carinho. Pois ele tratou sua fã de uma forma especial e valorizando as emoções, mesmo se tratando de uma menina e já tendo naquela época milhares de fãs.

Esteve no Paris 6 24/01/2013 primeira vez que abraçou, encontro que se repetiu outras vezes

Desde então, Carol já foi a mais de dez shows e tenta sempre estar nos eventos que aparece o cantor pop, tanto que no primeiro carnaval o ano passado que foi com a mãe conhecer a folia de Olinda e Recife, tinha um objetivo não só de ver de perto o frevo ou o maior bloco do Guiness Book, o Galo da Madrugada, mas a fantasia que mais apetecia, a Carol queria ir a um espaço alternativo da cidade patrimônio histórico, assistir seu ídolo, infelizmente o show por questões de produções foi desmarcado e o dinheiro devolvido, mas pra quem é fã, só aumenta a vontade de estar por perto.

A mãe acredita que adolescência e na vida o que vale são momentos e pequenas conquistas, incentiva a filha a lutar pelos seus sonhos e tenta apoiar Carol indo aos shows, tirando foto, enfrentando longa espera  para ir ao camarim, ir comprar  álbuns nos dias do lançamento e até furar seguranças.

O último episódio foi a coletiva à imprensa que tudo que se sabia era que era numa lanchonete estilo anos 60, entre as dezenas da cidade de São Paulo , Carol descobriu qual era e a mãe fez plantão na frente, a Van  com o artista chegou e mesmo arroxeada de seguranças e  com o aviso que as fãs só poderiam falar pós coletiva, Carol  foi empurrada pela mãe,  caiu nos braços do Cantor que retribuiu o gesto de carinho.  A mãe fez isso para ver a filha feliz e acreditar que algumas regras na vida devem ser furadas em nome da felicidade. Nesse momento, as duas levaram trofeus: a filha por consegui o seu quarto abraço, no último dia 04 de maio, e a mãe por realizar mais um sonho da filha.

Carol com a família do Luan, pai, mãe, irmã.

Se perguntar a Carol o que gosta mais de Luan e sua música, ela dirá democraticamente: tudo, se perguntar a mãe, que vê Luan por toda parte no quarto da filha, e com todo o cuidado para essa paixão não se tornar doentia, ela dirá com certeza as vezes que realizou o sonho dessa fã, que pra ela é mais importante que qualquer ídolo. E é assim, que grandes talentos que atrai garotada vende mais e mais cds, pois certamente tem computado em dobro ou até mais, o número de seus seguidores. Sempre a mãe vira motorista, assessora, fotógrafa, guardadora de lugar na fila … e ainda com direito a se emocionar.

Faça parte da nossa turma também!

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Vem pro #maecomfilhos www.maecomfilhos.blog.br www.facebook.com/groups/maecomfilhoswww.instagram.com/maecomfilhos
Posted by Mães (e pais) com filhos on Quinta, 7 de maio de 2015

The following two tabs change content below.

maecomfilhos

Latest posts by maecomfilhos (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *