5 formas de combater o racismo na infância

Nesta semana vi a imagem acima falando sobre 5 formas de combater o racismo na infância. As dicas são boas:

1. Eduque as crianças para o respeito à diferença. Ela está nos tipos de brinquedos, nas línguas faladas, nos vários costumes entre os amigos e as pessoas de diferentes culturas, raças e etnias. As diferenças enriquecem nosso conhecimento.
2. Valorize e incentive o comportamento respeitoso e sem preconceito em relação à diversidade étnico-racial.
3. Ajude a escola de seus filhos a adotar a postura de ensinar sobre a história e a cultura da população negra e sobre como enfrentar o racismo.

4. Proporcione e estimule a convivência de crianças de diferentes raças e etnias nas brincadeiras, nas salas de aula, em casa ou em qualquer outro lugar.
5. Não deixe de denunciar. A discriminação é uma violação de direitos.

E na hora lembrei que eu tenho feito minha parte, oferecendo diversidade para meus filhos. É isso que conta de verdade: uma postura frequente, no cotidiano, sem precisar de discursos, mas com uma prática diferente, pautada numa realidade plural, que acolhe todas as pessoas.

Deixo duas dicas que aplicamos aqui em casa:

Que tal formar uma biblioteca infantil com obras que vão além da questão do preconceito e da inclusão, ajudando a formar a personalidade com uma boa consciência étnica, reforçando a identidade e cultura familiar?

Doutora Brinquedos é o começo da “cura” definitiva para os sonhos de muitas meninas! A menina negra, cujo acessório favorito é um estetoscópio rosa, se tornou um símbolo de orgulho e esperança para as mulheres negras na medicina e as filhas que elas querem inspirar.

(E ela é a boneca e a personagem favorita da minha filha!)
E aí, o que você tem feito neste sentido? Conte para nós!

The following two tabs change content below.

maecomfilhos

Latest posts by maecomfilhos (see all)

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *